Pular para o conteúdo principal
Logo Facebook Powered By Logo OralB
19.01.2016

Você limpa a língua durante a higiene bucal? Descubra a importância deste hábito para dar adeus ao mau hálito

 Durante as refeições, resíduos dos alimentos ingeridos depositam-se na língua e, quando não são retirados, resultam em substâncias responsáveis pelo mau hálito
Durante as refeições, resíduos dos alimentos ingeridos depositam-se na língua e, quando não são retirados, resultam em substâncias responsáveis pelo mau hálito

Expert

Cláudio de Sá Rêgo Fortes

Cláudio de Sá Rêgo Fortes

CRO-RJ 13115

Graduação em odontologia pela UNIGRANRIO - Universidade do Grande Rio (Barra). Especialidade em Saúde Coletiva. Atua como clínico geral. Faz parte do iDent desde Outubro de 2010.

Não há nada melhor do que estar com o hálito fresco para beijar, falar pertinho ou rir muito com seus amigos, né? Para ter essa refrescância é preciso ir além da escovação dos dentes. Muita gente esquece de uma parte importante na hora da limpeza: a língua. Durante as refeições muitos resíduos de alimentos ficam na parte de cima da nossa amiga e, se acumular, pode causar uma camada branca, chamada de saburra lingual, um das causadoras do mau hálito. Que tal mandar esse cheirinho ruim para bem longe? Veja as orientações do dentista Cláudio Rêgo Fortes.

A falta de higiene é a principal causa do mau hálito

A falta de higiene abre portas para muitos problemas, dentre eles a temida cárie, doenças gengivais, periodontais e, até mesmo, o mau hálito. Mas o profissional conta que este fenômeno pode surgir por muitos outros motivos. "A halitose tem várias causas, cavidades dentárias onde acumulam resíduos alimentares, má alimentação, problemas gástricos, falta de higiene e uso de alguns medicamentos que prejudicam a produção de saliva".

Como limpar a língua?

"Existe no mercado um instrumento próprio para limpeza da língua", conta Cláudio. Essa ferramenta é conhecida como limpador ou raspador de língua e pode ser usada para tirar a tal saburra que fica na superfície do órgão. Apesar de ser bem útil, muita gente não se adapta ao produto. Para essas, a melhor opção é usar a própria escova de dentes na posição horizontal fazendo movimentos de trás para frente com as cerdas ou com o próprio limpador existente na parte traseira de algumas escovas.

Beba água e tenha um hálito fresco

"Quando se bebe pouca água, as glândulas salivares produzem pouca saliva, que se dá o nome de hipossalivação, o que prejudica uma das funções da saliva que é a limpeza bucal", explica. Todo esse processo resulta naquele mau odor que ninguém quer ter na boca. Para evitar isso a dica é simples: beba água. Aproximadamente dois litros por dia, de acordo com o peso, pode fazer a diferença para o seu corpo e todo universo bucal.

Fique tranquilo e viva com a boca refrescante

O estresse também reflete em nosso hálito. "Ele faz com que aumente a liberação de alguns hormônios (cortisol e de adrenalina ) que interferem no funcionamento normal do corpo como um todo. Na boca eles inibem o funcionamento normal das glândulas salivares diminuindo a produção de saliva". Se você não quer passar por esta situação, procure ajuda profissional e descubra o seu problema para não sofrer com as alterações do sistema emocional e muito menos com o mau hálito.

Um bom enxaguante pode garantir um bom hálito

O enxaguante bucal correto consegue fechar sua higiene bucal com chave de ouro. Só ele tem multibenefícios para eliminar germes causadores da placa bacteriana, mau hálito e gengivite. Esse produto também é capaz de proteger contra o ataque de elementos ácidos que consumimos durante o dia a dia, fortalecendo, assim, o esmalte dos nossos dentes. Conquiste o seu hálito mais refrescante.

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Cláudio de Sá Rêgo Fortes - Cirurgião-dentista
Rio de Janeiro-RJ
CRO-RJ 13115

Mais Matérias: Higiene Bucal
Língua branca é sinal de mau hálito? Descubra a relação entre os quadros!
Higiene Bucal
Língua branca é sinal de mau hálito? Descubra a relação entre os quadros!
Você tem notado sua língua branca ? É importante ligar o sinal de alerta! Isso porque o quadro está relacionado com o acúmulo de saburra lingual e pode ser resultado da falta ou ineficiência na higiene bucal. Além de causar o aspecto esbranquiçado na região, a condição pode...
Dentes amarelados são sinal de má higienização?
Higiene Bucal
Dentes amarelados são sinal de má higienização?
É inevitável se preocupar com a presença de dentes amarelados na boca. Capaz de comprometer a estética de qualquer sorriso, a pigmentação pode estar ligada a uma série de fatores que vão desde doenças bucais, como a erosão dentária, à quadros genéticos que fogem...
Posso cuidar das cáries em casa?
Higiene Bucal
Posso cuidar das cáries em casa?
Não é incomum encontrar uma cárie no dente e lidar com os diferentes sintomas que esse...
com a participação de:
Ana Elisa da Silva
CRORS 13490
Quanto tempo depois de ter COVID-19 posso ir ao dentista?
Higiene Bucal
Quanto tempo depois de ter COVID-19 posso ir ao dentista?
Com a pandemia de covid-19 e o isolamento da quarentena, muitos hábitos tiveram que ser remanejados na rotina...
com a participação de:
Uila Ramos da Silva
CRO-PE 10.380
A escova interdental é obrigatória para quem usa aparelho fixo?
Higiene Bucal
A escova interdental é obrigatória para quem usa aparelho fixo?
Você já ouviu falar na escova interdental ? Conhecida por promover uma higiene bucal mais eficaz, o acessório possui a função de limpar os espaços entre os dentes em que a escova e o fio dental não são capazes de alcançar. Justamente por isso, ela é bastante recomendada para pacientes...
Fio dental ou fita dental: existe diferença? Qual é o melhor produto para limpar entre os dentes?
Higiene Bucal
Fio dental ou fita dental: existe diferença? Qual é o melhor produto para limpar entre...
Que o uso do fio dental é fundamental para garantir uma boa higiene bucal não é novidade para...
com a participação de:
Igor Puga
CRO-RJ 28418