Colocar aparelho ortodôntico não é apenas mudar o visual. O dispositivo é essencial na correção de sorrisos. Por isso, durante o tempo de uso, é importante seguir os novos cuidados ideais com a higiene bucal. Para completar, conhecer cada peça que o compõe ajuda a entender o que está acontecendo dentro da sua boca. Pensando nisso, a dentista Juliane Christine Gonçalves Prenassi explicou sobre esses principais elementos e suas funções.

Entendendo seu aparelho ortodôntico

De acordo com a profissional, a importância de conhecer o aparelho ortodôntico está relacionado ao fato de poder observar e visualizar cada movimento, ou início deste. “Saber onde fica cada peça é muito importante, pois uma vez fora do local devido, movimentos indesejados podem ocorrer e, com isso, provoca atraso no tratamento e forças desnecessárias nos dentes”, destaca ela. Dessa maneira, ao conhecer a estrutura do dispositivo, o paciente fica mais apto a perceber qualquer anormalidade durante o uso do acessório. Assim, se uma peça ou fio ortodôntico soltar, por exemplo, ele é capaz de solicitar uma consulta extra ao ortodontista, para solucionar logo o caso e evitar problemas maiores.

Quais são as peças que compõem o aparelho ortodôntico?

Para realizar sua função, seja reposicionar os dentes ou corrigir a oclusão do sorriso, o aparelho ortodôntico conta com a ajuda de diversas peças que o compõe. “Temos os braquetes, que são aquelas pecinhas de metal coladas nos dentes, tubos, bandas ou anéis, os fios, ganchos e diversos outros componentes”, explica Juliane. Essas peças destacadas são as mais comuns, pois nem todas são presentes em todos os tratamentos ortodônticos, variando de acordo com cada necessidade.

Todos os elementos são juntos e interligados através dos fios, elásticos e amarrilhos, que são os fios de metal trançados, tornando o aparelho eficaz. “Cada peça tem uma função específica, como os anéis, por exemplo, eles tornam a estabilidade dos tubos mais garantida nos últimos dentes, justamente a região onde a força mastigatória é maior”, comenta a especialista.

Fique de olho na hora da higienização do aparelho ortodôntico

Por conta da presença de novos elementos na cavidade bucal, o aparelho traz mudanças relevantes para o momento da limpeza. Assim como ressalta a dentista, a higienização do aparelho deve ser cuidadosa e detalhada. “O uso de escovas ortodônticas e interdentais facilitam a escovação e a tornam efetiva”, orienta ela. Para completar a tarefa, você pode contar com a ajuda do uso de enxaguantes bucais para bochechar. E ainda, as profilaxias, feitas no consultório são uma opção indicada para auxiliar nessa manutenção da saúde oral.

Quer saber mais como funciona o tratamento ortodôntico? Confira assistindo ao vídeo do Manual do Mundo:

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Juliane Christine Gonçalves Prenassi - Cirurgiã-dentista e especialista em Dentística Restauradora e Ortodontia
Juiz de Fora - MG
CRO-MG 23.669