Pular para o conteúdo principal
Logo Facebook Powered By Logo OralB
25.05.2017

Você compartilha sua escova de dentes?

 Seja com o namorado ou com alguém da família, compartilhar a escova de dente é uma prática vetada pelos dentistas. Entenda por que você não deve fazer isso
Seja com o namorado ou com alguém da família, compartilhar a escova de dente é uma prática vetada pelos dentistas. Entenda por que você não deve fazer isso

Expert

Johnathan Marcondes

Johnathan Marcondes

CRO-PA: 4456

Cirurgião-Dentista formado pela Unioeste ( Universidade Estadual do Oeste do Paraná) em 2005- pós graduado em lentes de contato dental e facetas de porcelana. Aplicação de toxina botulina (Botox), preenchimento facial com ácido hialurônico, cirurgia de Bichectomia. Prótese - Odontologia Estética - Odontologia Digital. Membro da SBOE - Sociedade Brasileira de Odontologia Estética. Membro da IFED- International Federation Esthetic Dentistry Proprietário da Clínica Top Dente.

Você costuma pegar a escova de dente da sua mãe ou até do namorado emprestada vez em quando? Se sim, esse costume precisa parar agora! Ao compartilhar essa ferramenta você coloca a sua saúde e da outra pessoa em risco. Isso porque toda bactéria acumulada nas cerdas podem passar para sua boca, e as que estão na sua boca ao entrar em contato com a escova podem passar para a pessoa quando a escova for usada novamente. O cirurgião-dentista Johnathan Marcondes alerta mais sobre o assunto.

Motivos para ter sua própria ferramenta

Os profissionais avisam: compartilhar a escova de dente é terminantemente proibido. Esses objetos, mesmo sendo de pessoas que convivem com você, não podem ser trocados. Até quando as cerdas, por acidente, ficam apenas encostadas podem transmitir doenças ou outros problemas para a sua boca. “A escova de dente é um item de higiene pessoal, portanto não deve ser usado por outras pessoas, seja quem for”, diz o dentista.

A escova tem a função de remover a placa bacteriana e mesmo que você lave sua ferramenta, alguns microrganismos vão permanecer nas cerdas. A partir daí, começa uma festa de bactérias. “Ao emprestar sua escova para outra pessoa, acontecerá a infecção cruzada, ou seja, você estará passando suas bactérias adiante e recebendo outras de volta”. Use seu próprio utensílio e evite esses problemas.

Não adianta limpar e usar o objeto que não é seu

Você pode pensar que é uma boa solução, mas acredite, não adianta limpar a escova do seu namorado e usar como se fosse sua. “Mesmo após uma higienização da escova ela nao fica 100% livre das bactérias”, garante o profissional. O termo “juntar as escovas de dentes” ou “tudo o que é seu é meu”, não funciona para a saúde bucal.

Cada um com sua escova

A regra é: cada um com sua escova. Quando esse objeto é compartilhado entre pais e filhos, por exemplo, existe um risco maior da criança contrair vários tipos de bactérias existentes na boca do adulto. “Entre as doenças que podem ser transmitidas estão a gripe, cárie, gengivite, periodontite, faringite, herpes, entre outras”, atenta Johnathan. Por isso, uma ferramenta por pessoa é o ideal para sua família crescer saudável.

Cuidados extras com esse item

Agora você já sabe que não pode compartilhar a escova de dente. Mas além dessa medida, existem outros cuidados com a ferramenta que precisam ser feitos para evitar a proliferação de microrganismos. A escova deve ser trocada a cada três meses ou após um resfriado ou gripe. Lembre-se também de mantê-la guardada em local arejado e com um protetor de cerdas. Não dê bobeira e trate seu cartão de visitas com carinho.

Mais Matérias: Escova de Dente
A escova de dentes elétrica ajuda no tratamento da gengivite? Entenda os benefícios desse produto de higiene bucal
Escova de Dente
A escova de dentes elétrica ajuda no tratamento da gengivite? Entenda os benefícios...
Por qual motivo você escova os dentes? Apenas por ser uma obrigação ou para que o seu sorriso...
com a participação de:
Caroline Malavasi
CRO /RJ 38947
Raspador de língua x escova de dentes: qual é a melhor opção para remover a saburra lingual?
Escova de Dente
Raspador de língua x escova de dentes: qual é a melhor opção para remover a saburra...
O ritual de escovação sempre começa pelos dentes e termina com a higiene da língua . A...
com a participação de:
Diego Limoeiro
CRO-RJ: 31146
Qual é a melhor escova de dentes elétrica infantil?
Escova de Dente
Qual é a melhor escova de dentes elétrica infantil?
Quando se trata de saúde bucal infantil , uma coisa é certa: a escova de dentes elétrica é uma grande aliada. Além de ser uma opção mais cativante do que a escova manual, o item facilita o processo de higiene bucal através dos movimentos de rotação, o que ajuda a prevenir uma...
Preciso desinfetar a escova de dentes elétrica? Dentista explica como fazer esse procedimento em casa
Escova de Dente
Preciso desinfetar a escova de dentes elétrica? Dentista explica como fazer esse...
Você faz a higiene bucal com uma escova de dentes elétrica? Se a resposta for sim, provavelmente deve...
com a participação de:
Camila Stofella Sodré
CRO-RJ: 40419
5 dicas de como preservar a sua escova de dentes elétrica por muito mais tempo
Escova de Dente
5 dicas de como preservar a sua escova de dentes elétrica por muito mais tempo
A escova de dentes elétrica já provou ser uma opção tecnológica que facilita (e...
com a participação de:
Rhianna Barreto
CRO-RJ:37448
Como escovar a língua? 3 maneiras de realizar essa higiene bucal e prevenir o mau hálito
Escova de Dente
Como escovar a língua? 3 maneiras de realizar essa higiene bucal e prevenir o mau hálito
A placa bacteriana é a maior vilã da saúde bucal. Através do acúmulo dela que nascem as piores doenças bucais, como a cárie, gengivite, periodontite, o tártaro, o mau hálito, entre outras. Além de tomar conta dos dentes, a placa também se acomoda na superfície da...