O esmalte dentário é considerado um dos tecidos mais fortes do corpo humano, porém com o demasiado consumo de diferentes tipos de alimentos e bebidas ricos em grande quantidade de acidez, ele pode acabar sendo danificado. Um dos sintomas que pode indicar esse desgaste é quando a sua coloração é alterada. A Estomatologista, Dulce Helena Cabelho Passarelli, conta pra gente quais os principais cuidados para manter seu esmalte dentário saudável e qual a coloração correta que ele deve ter. Confira!

O que é o esmalte dentário?

O esmalte dentário é uma das camadas de formação presentes nos tecidos dentários. Ele é composto por cerca de 99% de substâncias inorgânicas, sendo muito resistente a traumatismos químicos, mecânicos e físicos. Apesar disso é sempre importante ficar alerta à sua coloração e visitar regularmente seu dentista para avaliar a saúde de seus dentes. Sua função é a proteção do dente e de seus tecidos mais internos, evitando problemas que variam desde a sensibilidade até a cárie dentária.

O esmalte dentário saudável é o branco?

É importante saber que o esmalte dentário está diretamente relacionado à formação genética, portanto nem sempre são totalmente brancos. Entretanto, isso não quer dizer que esses dentes não sejam saudáveis, apenas que possuem uma coloração diferenciada. Muitas vezes, esmaltes mais esbranquiçados são menos resistentes aos fatores traumáticos e são mais susceptíveis à fratura e formação de cáries. 

Quais são as possíveis cores do esmalte dentário?

As colorações do esmalte dentário saudável são diversas, elas variam sempre em tons do branco ao amarelado. Já os dos dentes não tão saudáveis podem acabar variando do branco até o acinzentado. Alguns hábitos como o uso de cigarro, consumo exagerado de café, refrigerantes à base de cola e de algumas espécies de tempero podem manchar e escurecer os dentes, por isso vale um consumo consciente de certos tipos alimentos e bebidas.

Qual cor do esmalte dentário indica algum problema?

A cor do esmalte é um dos inúmeros fatores que podem indicar alterações nos dentes. As patologias dentais podem apresentar cores que variam do branco ao cinza, porém, isso depende dos exames clínicos. Essa coloração pode ser por conta de doenças locais, genéticas, sistêmicas ou pelo uso excessivo de medicamentos. A Dra. Dulce ressalta: “Quando causado por uso remédios, o diagnóstico e tratamento destas alterações devem sempre ser feitas em consultórios odontológicos pelo cirurgião-dentista” já que o mesmo é responsável pela prevenção, manutenção e preservação das estruturas dentais bem como da saúde dos pacientes.