Ir ao dentista é muito importante para cuidar da saúde bucal. São nas consultas que podemos conhecer mais sobre o que acontece na nossa boca. O momento também é ideal para tirar dúvidas que você sempre teve sobre as ferramentas de higiene bucal e como usá-las. Cada parte, músculo e dente tem sua função a cumprir. Você sabia que os dentes molares são os primeiros a aparecer na sua arcada dentária? E que o dente siso é considerado um deles? O Sorrisologia vai te contar mais sobre a função deles.

O que são os dentes molares?

Os molares são os dentes mais complexos. Eles se localizam na parte posterior da mandíbula, ou seja, no fundo da boca. O ser humano possui oito dentes molares, sendo quatro na parte de cima e quatro na de baixo. O terceiro molar, que é o último a nascer, são os dentes siso. Estes, dependendo de cada indivíduo, podem nunca vir a nascer. Dessa maneira, nesses casos a pessoa ficará com seis molares.

Qual a função dos dentes molares?

A palavra molar significa mó ou pedra de moinho. Com isto já é possível entender melhor a função deles. Os dentes molares são responsáveis por triturar e mastigar os alimentos, possuindo assim várias pontas em sua área de contato com a comida. Além disso, eles têm como função também determinar a chave de oclusão dentária, pois são os primeiros dentes permanentes a surgirem na arcada. Quando um alimento é ingerido, os caninos são responsáveis por dilacerá-lo. Logo após, os pré-molares trituram, transformando-o em pequenas porções. E, por fim, os molares remoem o restante.

Quais problemas posso ter nos dentes molares?

O problema mais comum relacionado aos dentes molares está no nascimento dos dentes siso (terceiros molares). Geralmente, os sisos nascem fora do alinhamento do resto dos dentes e pode não haver espaço na boca. Além disso, eles podem estar inclusos, isto é, quando o dente fica retido parcialmente ou totalmente no interior do maxilar. Quando estão abaixo da linha da gengiva podem causar dor, inchaço e empurrar outros dentes, entortando-os e atrapalhando a mastigação. Em casos de estar na posição errada, o siso pode trazer maiores transtornos, como processos inflamatórios e reabsorção dos dentes adjacentes.

Por que isso acontece?

Algumas pessoas possuem espaço suficiente para acomodar os terceiros molares na boca, ficando então com os oitos molares. No entanto, outras precisam extraí-los, pois não há lugar suficiente. Normalmente, a razão do problema é devido a falta de área para o dente nascer na posição certa do arco dentário ou o seu mau posicionamento quando está em desenvolvimento.

Como funciona o tratamento?

Nos casos de pacientes que não possuem espaço, é indicado a remoção desses dentes como forma de prevenir outras doenças. O procedimento deve ser feito por um cirurgião dentista, e o tempo dependerá do posicionamento do dente. Geralmente, a cirurgia é rápida, simples e indolor, graças à anestesia. O dentista indicará as medidas necessárias no pós-operatório. Seguindo elas corretamente, a recuperação será bem acelerada.