Nessa época do ano, as temperaturas já começam a baixar. Para muitos, é uma felicidade deixar o calor para trás, enquanto outros já não gostam tanto da diminuição nos termômetros. Principalmente aqueles que logo sentem a imunidade baixando e sofrem com resfriados, gripes e crises alérgicas. Além dos cuidados com hidratação e medicamentos, é preciso prestar atenção a sua saúde bucal. Com as orientações da dentista Yara Moura Brasil, saiba a importância de trocar a escova de dentes depois de ficar doente.

Entenda porquê trocar a escova de dentes após ficar doente

O recomendado pelos dentistas é trocar a escova de dentes, em média, a cada três meses de uso. Em caso das cerdas já estarem desgastadas e deformadas antes desse tempo, a substituição também já pode ser feita antes desse período. Entretanto, segundo a profissional, após uma gripe, resfriado ou infecção, na garganta ou de boca, também é preciso trocar. “É uma medida preventiva e importante, afinal as bactérias, os fungos e germes que causam a doença podem se alojar na escova, ocasionando uma reinfecção’’, explica ela. Além disso, para evitar que o vírus se propague, é importante evitar que a escova do doente não encoste em outras quando guardada. Por isso, a dica é ter um porta-escovas tradicional, com fendas, para manter os itens em pé e separados.

De que maneira o resfriado e gripe podem prejudicar a saúde bucal?

Todos tentam evitar ao máximo para não passar por quadros de gripes e resfriados, mas às vezes não tem jeito e os sintomas começam a surgir, incomodando bastante. Um resfriado ou gripe conseguem afetar diversas partes do corpo, além do bem-estar da sua saúde bucal. Nesses casos, é comum que, devido o bloqueio das vias nasais, a respiração acabe sendo realizada pela boca. “Respirar pela boca pode trazer riscos para a saúde, pois causa alterações na mucosa e na estrutura da cavidade oral”, alerta Yara. Dessa maneira, o paciente pode vir a apresentar, como consequência, alguns problemas bucais, como boca seca, ardor, gengivites, halitose e língua saburrosa.

Conheça os cuidados importantes para esse momento

Ter a saúde bucal em dia é muito importante. Por isso, os cuidados diários devem fazer parte da sua rotina, pois além de fazerem a limpeza adequada também contribuem para a prevenção de doenças. “Uma boa escovação e o uso correto do fio dental ajudam a evitar que os problemas dentários se tornem mais graves”, indica a odontologista. E também, o paciente deve marcar exames gerais e limpezas profissionais regularmente, seguindo as orientações. Para completar a lista de cuidados do seu sorriso, é indicado consultar-se com o dentista após ficar doente. “O profissional vai avaliar os tecidos internos da boca, examinar a gengiva, check-up da língua, avaliar volume, densidade e viscosidade da saliva, garganta, etc, para garantir sua saúde bucal”, esclarece Yara.