Pular para o conteúdo principal
Logo Facebook Powered By Logo OralB
22.10.2020

Tratamento para mau hálito: qual é o melhor remédio? Como evitar? A higiene bucal é suficiente? Conheça 5 causas desse odor

O mau hálito pode ser provocado por uma série de fatores. Vejas as principais causas e tratamentos para esse problema bucal!
O mau hálito pode ser provocado por uma série de fatores. Vejas as principais causas e tratamentos para esse problema bucal!

Não dá para negar: o mau hálito é um verdadeiro incômodo. Embora ainda seja considerado um tabu por alguns pacientes, o quadro - que também é conhecido como halitose - é mais comum do que se imagina e pode ter diferentes causas. A boa notícia é que existem alguns cuidados, que vão além da escovação, que podem eliminar o cheiro desagradável da boca e garantir a sua saúde bucal. Quer saber como? O Sorrisologia te conta! Confira abaixo tudo o que você precisa saber sobre o tratamento para mau hálito e as principais causas desse odor.

1. Entenda o que é o mau hálito

Antes de buscar alternativas para tratar o mau hálito, é importante entender o que caracteriza esse problema bucal. Por se tratar de uma doença que gera bastante desconforto, é comum que o assunto seja pouco falado entre os pacientes. No entanto, é importante entender que o mau cheiro que se instala na cavidade oral pode ser causado por uma série de fatores. Além disso, o quadro pode ser facilmente identificado por um gostinho estranho e constante na boca, ou até mesmo um odor diferente vindo dela - o que requer uma visita ao consultório odontológico o quanto antes.

1.2 Como saber se tenho mau hálito?

Ao notar qualquer sinal de mau hálito, o primeiro passo é buscar a ajuda de um profissional de confiança para verificar a veracidade da situação e, assim, garantir o tratamento mais adequado. “O profissional fará uma minuciosa investigação para detectar as causas diretas e indiretas da halitose, pois é comum que existam causas associadas”, explica o especialista Maurício Duarte. Dessa maneira, é feito o teste de halitometria para determinar se uma pessoa está ou não com mau hálito. “O procedimento mede os gases derivados de enxofre, chamados compostos sulfurados voláteis (CSVs), produzidos pelas bactérias que causam a saburra lingual, doenças gengivais e cáseos amigdalianos”, conta.

2. Mau hálito: veja 5 causas desse problema

Embora o mau hálito seja sempre associado à má higiene bucal, existem outros fatores que podem ser responsáveis pelo quadro. Por esse motivo, antes de iniciar o tratamento, é importante descobrir o que pode estar gerando o mau hálito. As causas mais comuns normalmente são referentes à fatores externos e outros problemas bucais, e é justamente sobre isso que nós vamos falar.

2.1 Saburra lingual

Sabe aquela camadinha branca que às vezes teima em aparecer na sua língua? Ela podem ser responsáveis pelo mau hálito. Conhecida como saburra lingual, ela é formada por bactérias e pedacinhos das mucosas dentro da boca que vão se soltando. A diminuição de saliva combinada ao quadro pode resultar na halitose. Mas existe um meio super simples de acabar com ela: escovando a língua. "Praticando a escovação removemos restos alimentares e impedimos a formação da saburra", revela a dentista Camila Almeida.

2.2. Placas bacterianas

Além dos dentes, existe outra região da boca que pode sofrer com o acúmulo de placa bacteriana: as amígdalas. Nesse caso, o quadro - que também é conhecido como cáseos amigdalianos - também é um dos causadores do mau hálito. “São pequenas placas bacterianas que se formam nas amígdalas, em forma de bolinhas brancas parecidas com queijo”, explica Maurício. Além da halitose, essas placas podem resultar em dor de garganta e boca seca.

2.3 Doenças gengivais

As doenças gengivais, como a gengivite e a periodontite, também podem influenciar no mau hálito. Por se tratarem do resultado da má higiene bucal, os quadros também causam saburra lingual e cáseos amigdalianos, que podem estimular esse odor. “Se o mau hálito for causado pela gengivite, ele pode ser mais comum e duradouro”, alerta o dentista Basílio Figueiredo. Justamente por isso, é importante que o paciente faça uma visita ao dentista para seguir o tratamento ideal para a doença.

2.4. Alimentos com alto teor de proteína e gordura animal

Você já deve saber que a alimentação também influencia na saúde bucal, certo? O que poucos sabem é que, alimentos com grandes quantidades de proteína e gordura animal, como embutidos e carnes, também são responsáveis pelo mau hálito. Eles contém partículas de gordura animal que, quando decompostas, irão alterar o odor do hálito, por meio da eliminação de partículas mal cheirosas no ar expirado dos pulmões”, confirma Maurício.

2.5 Bebidas alcoólicas

Para surpresa de alguns, as bebidas alcoólicas também são um dos fatores que causam o mau hálito. “Elas podem indiretamente alterar o hálito, especialmente por ressecarem a mucosa bucal, aumentando a descamação de células dos lábios e bochechas, que servirão de alimento para as bactérias responsáveis pela formação da saburra lingual, doenças de gengiva e cáseos amigdalianos”, conta Maurício.

3. Tratamento para mau hálito: saiba como eliminar o odor

Agora que você já sabe tudo sobre as causas desse mau cheirinho que se manifesta na boca, é provável que esteja se perguntando quais são os melhores tratamentos para mau hálito. De maneira geral, o procedimento envolve uma participação significativa do paciente. “Ele aprenderá novas rotinas de higiene bucal, com técnicas e produtos diferenciados, adaptados a cada caso, nova rotinas de hábitos alimentares, e também serão tratadas as causas indiretas da halitose”, conta Maurício.

Além disso, o uso de laser para o tratamento de mau hálito também pode ser indicado. Nesse caso, a decisão pode variar de acordo com a avaliação do especialista sobre o agente causador do problema. “Para o tratamento da boca seca, o laser de baixa potência é aplicado nas glândulas salivares para estimular a produção de saliva, em sessões semanais. A duração do tratamento depende da resposta de cada paciente”, comenta a dentista Liana. Ainda assim, vale lembrar que para manter o resultado do tratamento, a manutenção da higiene bucal é fundamental.

4. Saiba como é possível prevenir o mau hálito

Ninguém merece sofrer com mau hálito, né? Pensando em te ajudar a se manter livre desse problema, reunimos algumas dicas:

  • Mantenha uma rotina de higiene bucal, incluindo o uso de fio dental e enxaguante bucal;
  • Invista em uma alimentação de qualidade e com uma boa ingestão de fibras;
  • Aposte em uma boa dose de hidratação diária consumindo a quantidade certa de líquidos;
  • Evita fumar;
  • Regule o consumo de bebidas alcoólicas;
  • Visite o dentista regularmente.

Mais Matérias: Mau Hálito
Dente furado pode provocar mau hálito?
Mau Hálito
Dente furado pode provocar mau hálito?
O surgimento de um dente furado é sempre sinônimo de prejuízos para a saúde bucal. Isso porque, além de indicar a presença de cárie, o quadro também pode resultar em outros problemas bucais, como sensibilidade nos dentes e gengiva inchada. Mas, o que poucos pacientes sabem é que, o dente...
Limpador de língua acaba com mau hálito: mito ou verdade?
Mau Hálito
Limpador de língua acaba com mau hálito: mito ou verdade?
O uso do limpador de língua é fundamental para manter a higiene bucal em dia. Afinal, a ferramenta é a grande responsável por eliminar a saburra lingual e combater uma série de problemas. Mas será que o uso desse acessório também pode ajudar a combater o mau hálito? Como a ausência do...
Língua branca é sinal de mau hálito? Descubra a relação entre os quadros!
Mau Hálito
Língua branca é sinal de mau hálito? Descubra a relação entre os quadros!
Você tem notado sua língua branca ? É importante ligar o sinal de alerta! Isso porque o quadro...
com a participação de:
Ana Elisa da Silva
CRORS 13490
Mau hálito e dor de garganta podem ser sinais de amigdalite?
Mau Hálito
Mau hálito e dor de garganta podem ser sinais de amigdalite?
O mau hálito é um sintoma bem comum entre as pessoas, principalmente pela manhã após...
com a participação de:
Rhianna Barreto
CRO-RJ:37448
Halitose: tratamento caseiro pode ajudar? Descubra como acabar com o mau hálito
Mau Hálito
Halitose: tratamento caseiro pode ajudar? Descubra como acabar com o mau hálito
A halitose é um dos problemas bucais mais temidos entre os pacientes. Comum em diferentes faixas...
com a participação de:
Maurício Duarte da Conceição
CRO-SP: 34.205
Mau hálito e dor de garganta: entenda a relação entre os quadros e como eles podem afetar sua saúde bucal
Mau Hálito
Mau hálito e dor de garganta: entenda a relação entre os quadros e como eles podem...
O mau hálito não é um incômodo que existe só pela manhã , após uma...
com a participação de:
Maurício Duarte da Conceição
CRO-SP: 34.205