Tratamento de canal já é algo que muita gente evita sequer falar. Afinal, vários são os mitos envolvidos quando se fala nesse procedimento. Se dói muito, se o dente voltará a ser o mesmo ou até se a recuperação é das mais complicadas. Com tantas questões na cabeça não é à toa que se fique confuso e com medo de realizar esse tratamento. Outra dúvida comum é se o tratamento endodôntico enfraquece os dentes. Para responder essa pergunta, o Sorrisologia convidou a dentista Heloísa Crisóstomo.

Como funciona o tratamento de canal

O tratamento de canal é um procedimento cirúrgico que remove a polpa dentária infeccionada. No processo, o profissional vai limpar e desinfetar o canal. Em seguida, vai revestir com um material para proteger o dente. O tempo do tratamento varia de caso para caso, dependendo da extensão da lesão e do comprometimento da raiz. O objetivo do tratamento endodôntico, além de acabar com as lesões cariosas mais profundas, é devolver a capacidade funcional do dente.

Os dentes ficam mais frágeis depois do tratamento de canal?

A polpa dentária é um tecido mole que possui nervos e vasos sanguíneos, semelhante à carne, consequentemente, de pouca resistência física. Então, na verdade o que causa o enfraquecimento do dente é a perda da estrutura dental, que está comprometida, e por isso precisa de canal. “Logo, é um dente mais desgastado que um dente íntegro”, explica Heloísa. Resumindo, é a situação clínica que torna o dente mais frágil e não o tratamento endodôntico por si só.

Preservando a estrutura dentária

Como em toda questão de saúde, o mais importante é tratar o problema o mais cedo possível para evitar complicações no quadro. Segundo a profissional, quanto antes o procedimento do canal for realizado, maior a quantidade de estrutura dentária que será mantida. “Assim, o dente fica mais ‘forte’. Após o tratamento de canal, podemos também colocar núcleos de fibra de vidro para poder dissipar melhor as forças para as raízes do dente”. Não deixe que os mitos lhe impeçam de cuidar da saúde dos seus dentes. Procure um profissional, esclareça as dúvidas e descubra a melhor forma de cuidar da sua saúde bucal.