Ainda pouco conhecidos, os reveladores ou evidenciadores de placa bacteriana, têm uma função essencial nos tratamentos de diversos problemas bucais. A placa, também chamada de biofilme, é uma fina camada que reveste os dentes de todos os pacientes. E tudo se resume a ela: seu acúmulo é capaz de causar cárie, gengivite e tártaro. A fim de resolver isso, os reveladores aparecem no mercado como ótimas soluções. “Elas servem para evidenciar a placa bacteriana, para que o paciente possa enxergá-la adequadamente, já que é incolor”, explica o ortodontista Djalma Faria. Ele ainda explica quais são os 4 tipos existentes no mercado!

Para que servem os reveladores?

O biofilme é uma aglomeração de bactérias e restos alimentares que, combinados, são muito prejudiciais à saúde bucal. O paciente deve eliminá-lo diariamente com o uso dos acessórios de higiene bucal corretos, como o fio-dental e a escovação. Mas, já parou para pensar se está fazendo tudo adequadamente? Os reveladores de placa bacteriana possuem substâncias corantes, como a eritrosina, que, quando em contato com as propriedades indesejadas dos dentes, colore os locais onde essas propriedades estão localizadas.

Muito importante para pacientes com alto risco em acumular placa bacteriana e aqueles que usam aparelhos ortodônticos, eles também são recomendados para todos. “Reveladores são úteis no tratamento odontológico, mesmo se o paciente não tiver um risco elevado em sofrer doenças gengivais”, explica o profissional. Pode-se utilizá-los para saber como está a sua higienização pessoal e, para os pequenos, elas podem divertir o processo da escovação!

Quais são os tipos disponíveis?

Ainda que seja um produto em desenvolvimento no mercado, os reveladores já se apresentam em 4 modelos diferentes: tablete, cotonetes, solução e fio. Todos funcionam da mesma forma e não há nenhum modelo mais recomendados pelos dentistas.

Como é a aplicação dos reveladores de placa bacteriana?

O tablete revelador funciona como uma pastilha. Sua aplicação envolve mastigar e misturar com a saliva por 30 segundos para depois cuspir. O cotonete deve ser esfregado na superfície dentária, até que ela mude de cor. A solução reveladora é aplicada da mesma forma que o enxaguante bucal. Coloque-o na boca, faça bochecho por 30 segundos e depois cuspa. Por fim, os evidenciadores em forma de fio dental são aplicados da mesma forma que o fio tradicional. Assim, ficam evidenciadas as substâncias que foram retiradas. Todos os formatos deixam os dentes com um aspecto roxinho. Não se assuste que logo logo sai!

Na hora de escolher o modelo, analise o seu caso. “Os modelos variam de acordo com a quantidade de placa apresentada e facilidade de aplicação por parte do paciente”, recomenda Djalma. Por isso, imagine como seria a aplicação do produto em uma rotina diária e procure entender também qual terá um maior alcance na sua região oral para revelar a presença da placa. Em caso de dúvida, se consulte com o seu dentista, ele poderá indicar o modelo que melhor se enquadra para as suas necessidades.

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Djalma Faria - Ortodontista e Especialista em Visagismo Facial
Campinas - SP
CRO-SP: 59104