Pular para o conteúdo principal
Logo Facebook Powered By Logo OralB
27.04.2016

Tenho gengiva inflamada. É grave? Elimine todas as dúvidas nas palavras de uma dentista

Os problemas de gengiva podem ser bem perigosos. Mas a boa notícia é que para evitá-las os cuidados são bem simples
Os problemas de gengiva podem ser bem perigosos. Mas a boa notícia é que para evitá-las os cuidados são bem simples

Expert

Fabíola Chaves Fernandes

Fabíola Chaves Fernandes

CRO-RJ: 20417

Graduação em Odontologia pela Faculdade de Odontologia de Nova Friburgo. Especialista em Periodontia pela Odontoclínica de Aeronáutica Santos Dumont. Especialista em Odontogeriatria pela Odontoclínica Central do Exército.

Saúde bucal também inclui gengivas e não apenas os dentes. Por isto, ao sentí-la inchada, vermelha ou com sangramento durante a escovação pode ser um sinal de inflamação, sabia? Apesar de muita gente pensar que não é nada, todos estes sintomas são um alerta para você ter mais cuidado com essa região. As prevenções para isso estão nas atitudes mais simples, como ir ao dentista regularmente e praticar os cuidados bucais em casa de forma frequente e completa.

A doença periodontal é o maior risco

Se você não escovar bem os seus dentes e incluir o fio dental na limpeza, eles podem acumular placa bacteriana, que em pouco tempo endurece e se transforma em tártaro. Com esse vilão aparece a inflamação na gengiva, a gengivite, que, se não for tratada, ocasiona a temível periodontite. "Ela acomete os tecidos de suporte do dente, podendo levar a perda do elemento dentário pela destruição do osso", conta a periodontista Fabíola Chaves Fernandes. A profissional ainda afirma que foi encontrada estreita relação da doença com o parto prematuro, placas de ateromas e pneumonia nosocomial.

O periodontista é o melhor profissional para cuidar do problema

Se você detectar alguns sinais da inflamação na gengiva, não perca tempo e procure logo um dentista especialista no assunto. "Só um periodontista é capaz de avaliar a saúde da gengiva através de um exame específico que consiste na medição da profundidade de destruição periodontal". Por meio dessa análise minuciosa, ele indicará o melhor tratamento para o seu caso. Não tenha medo de expor suas necessidades ao dentista, o papel dele é te fazer sorrir cada vez mais e melhor.

O autoexame e a higiene bucal são meios preventivos

A prevenção é sempre a melhor arma contra qualquer doença bucal. Não pense duas vezes na hora de realizar aquela limpeza com o fio dental, pelo menos uma vez por dia, e escovar os dentes com uma escova de cerdas macias e um creme dental capaz de deter todos as bactérias vilãs. Realizar o autoexame bucal, de seis em seis meses ou sempre que preciso, também ajuda no diagnóstico precoce de doenças como a gengivite.

Fabíola reforça a prática desse exame e atenta no que precisa ser notado. “Deve ser observado sangramento, que nunca é normal, alteração na coloração, principalmente para tons vermelhos e violáceos, edema e secreção". Não fique alheio aos cuidados do seu universo bucal. Mantenha sempre seus dentes e gengiva saudáveis para que problemas como este não atrapalhem na hora de sorrir.

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Fabíola Chaves Fernandes - Especialista em Periodontia e Odontogeriatria
Rio de Janeiro - RJ
CRO-RJ: 20417

Mais Matérias: Gengiva
Gengiva inchada e sangrando após o uso da escova de dentes elétrica: preciso interromper o uso?
Gengiva
Gengiva inchada e sangrando após o uso da escova de dentes elétrica: preciso...
Você notou a gengiva inchada e sangrando depois de usar a escova de dentes elétrica? Isso pode ser um...
com a participação de:
Rhianna Barreto
CRO-RJ:37448
A escova de dentes elétrica ajuda no tratamento da gengivite? Entenda os benefícios desse produto de higiene bucal
Gengiva
A escova de dentes elétrica ajuda no tratamento da gengivite? Entenda os benefícios...
Por qual motivo você escova os dentes? Apenas por ser uma obrigação ou para que o seu sorriso...
com a participação de:
Caroline Malavasi
CRO /RJ 38947
Doenças bucais, como a gengivite, podem prejudicar o tratamento do coronavírus?
Gengiva
Doenças bucais, como a gengivite, podem prejudicar o tratamento do coronavírus?
Gengivite, periodontite, cárie...  Essas doenças bucais são um verdadeiro perigo para...
com a participação de:
Rhianna Barreto
CRO-RJ:37448
Gengiva inchada e sensível durante o período menstrual: 3 maneiras de aliviar esses incômodos
Gengiva
Gengiva inchada e sensível durante o período menstrual: 3 maneiras de aliviar esses incômodos
A sua gengiva está inchada e bastante sensível, e esses sintomas coincidiram com o seu período menstrual? A verdade é que, esses sinais, embora pareçam muito com os da gengivite , acabam sendo bem comuns durante a menstruação, devido a alteração hormonal da mulher ao longo ou no...
O que é bom para desinflamar a gengiva? Dentista revela 7 tratamentos eficazes para gengivite
Gengiva
O que é bom para desinflamar a gengiva? Dentista revela 7 tratamentos eficazes para...
Além dos dentes, a gengiva é uma parte da arcada dentária que guarda muita sensibilidade. Esse...
com a participação de:
Uila Ramos da Silva
CRO-PE 10.380
Escaneamento intraoral: o que é? Para que serve? Conheça mais sobre essa tecnologia na odontologia
Gengiva
Escaneamento intraoral: o que é? Para que serve? Conheça mais sobre essa tecnologia na...
A tecnologia e a odontologia andam lado a lado. As novas técnicas podem ser usadas para tratar uma...
com a participação de:
Rhianna Barreto
CRO-RJ:37448