Talvez você já tenha ouvido falar nos lasers Er:YAG e Nd:Yag separadamente, mas a combinação dos dois na odontologia é uma novidade que chegou para garantir o sorriso perfeito! Mesmo seguindo todos os cuidados necessários para manter uma boca bonita e saudável, recorrer a procedimentos clínicos para melhorar o seu aspecto, minimizar dores e promover a saúde tem sido cada vez mais comum. Com constantes inovações tecnológicas na área, ficou muito mais fácil e menos doloroso conquistar o sorriso que você sempre sonhou. Saiba mais sobre esses dois lasers e entenda os seus benefícios para a odontologia!

O laser Er:YAG na odontologia

Desde que chegou no mercado, essa é uma das tecnologias que tem realizado boa parte de procedimentos que antes eram o terror das pessoas. Um exemplo disso é que ele é muito conhecido pela sua atuação no tratamento de cáries, já que o laser Er:YAG é capaz de remover uma das maiores inimigas de nossos dentes de maneira muito menos incômoda, ao contrário do tratamento através de canais. Mas, além de combater pequenos inconvenientes como esse, o novo equipamento também pode fazer muito mais pela nossa saúde bucal, como auxiliar em procedimentos cirúrgicos, evitando pontos e reduzindo as chances de sangramento.

Para que serve o Nd:YAG?

Especificamente no campo odontológico, o laser Nd:YAG é visto como um dos principais recursos para diminuir a sensibilidade dos dentes, mas essa tecnologia também é bastante útil para realizar diversos procedimentos estéticos, como a depilação a laser. Este aparelho detém o maior potencial de penetração, comparado a outros tipos de aparelhos, e a sua aplicação reduz as chances de efeitos inflamatórios e a formação de crostas, além de diminuir os riscos de possíveis complicações.

Como a combinação desses dois tipos de laser pode ajudar?

Com a junção dos lasers Er:YAG e Nd:YAG, é possível realizar uma prática bem menos invasiva do que as tradicionais, aumentando a precisão e reduzindo o tempo de duração para realizar os procedimentos. Isso porque essa união facilita a aplicação do laser diretamente no local que precisa de intervenção, evitando desgastes desnecessários nos dentes e na gengiva, e tornando os tratamentos dentários mais confortáveis e menos dolorosos. Além disso, a versatilidade que se adquire é um fator bastante relevante, uma vez que a união desses dois lasers pode viabilizar a realização de diversas técnicas, tornando-se um equipamento de muitas utilidades.