Pular para o conteúdo principal
Logo Facebook Powered By Logo OralB
13.04.2018

Surgiu algum sintoma do herpes labial? Saiba como contornar a manifestação do vírus

  Antes de manifestar-se, o herpes labial apresenta alguns sintomas. Saiba como se cuidar nesse momento com as orientações da dermatologista
Antes de manifestar-se, o herpes labial apresenta alguns sintomas. Saiba como se cuidar nesse momento com as orientações da dermatologista

Expert

Dra. Paula Periquito

Dra. Paula Periquito

CRM-RJ: 52.79985-8

Medica formada pela Universidade Federal Fluminense, Membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, Mestre em Doenças infecciosas e parasitárias pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro,

Coceira, ardência ou dor local. Quem já teve herpes labial logo identifica esses sintomas e sabe que, a qualquer momento, as bolhas vão surgir. O herpes labial é uma doença que atinge grande parte da população, contudo, nem todos manifestam seu quadro. O contágio do vírus pode surgir através do contato direto, o que contribui para o número de pacientes. No entanto, ao notar esses sintomas surgindo, será que é possível impedir que as bolhas surjam? A dermatologista Dra. Paula Periquito trouxe recomendações sobre o que fazer  assim que você notar pequenas bolhas se manifestando.

Saiba o que pode influenciar o aparecimento do herpes labial

O herpes labial é um vírus que mesmo já tendo se instalado no organismo do paciente, pode ou não provocar lesões. Existem diversos fatores que influenciam para o seu aparecimento. “Nisso podemos incluir qualquer fator que cause lesão local em uma pessoa previamente contaminada pelo vírus”, explica a médica. Pode-se ressaltar, como exemplos, o calor ou frio excessivo, queimaduras e fatores químicos. Além disso, o sistema imunológico também é determinante nessa lista, já que quando está enfraquecido também contribui na manifestação do herpes labial. “É importante ressaltar que na idade adulta, em torno de 90% da população já entrou em contato com o vírus, que vai ficar latente no organismo, aguardando uma fator predisponente para causar a doença”, destaca a doutora.

É possível controlar o herpes labial ao sentir os sintomas?

Assim como afirma a dermatologista, infelizmente não há maneiras de contornar o aparecimento do herpes labial nessa fase. “Aos primeiros sintomas é possível iniciar o tratamento correto para que o episódio tenha uma duração mais curta e para que os sintomas sejam menos exuberantes”, orienta ela. Dessa maneira, fique atento aos indícios da manifestação da doença. Entres estes, vale destacar a sensação de dormência, coceira, vermelhidão e ardência na região. “Estes sintomas podem indicar que o vírus está prestes a causar a doença local”, comenta Dra. Paula.

Conheça os tratamentos para o herpes labial

Principalmente por não ter cura, o herpes labial é controlado durante suas manifestações com algumas opções de medicamentos para o tratamento, como o Aciclovir. “Eles atuam no processo de replicação viral, porém não tem o poder de eliminar o vírus do organismo, apenas fazem com que entrem em fase de ‘adormecimento”, explica a doutora. Já a substância L-lisina, por exemplo, tem como objetivo inibir a replicação do vírus, de maneira preventiva. Com essa ajuda, os pacientes que possuem herpes labial recorrentemente conseguem fazer com que as crises aconteçam em tempos mais espaçados.

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Dra. Paula Periquito - Dermatologista
Rio de Janeiro - RJ
CRM-RJ: 52.79985-8


Atualizada em 27/12/2018

Mais Matérias: Herpes Labial
Afta nos lábios ou herpes labial: saiba como diferenciar essas duas lesões na boca
Herpes Labial
Afta nos lábios ou herpes labial: saiba como diferenciar essas duas lesões na boca
Se você já teve uma afta na boca, sabe muito bem a sensação de desconforto que...
com a participação de:
Daniele Machado
CRO-RJ 26.953
Herpes bucal x ansiedade: entenda como esses dois estão interligados e como prevenir a manifestação da doença
Herpes Labial
Herpes bucal x ansiedade: entenda como esses dois estão interligados e como prevenir a...
Você sabia que a ansiedade pode ser a causa de alguns problemas bucais? Entre eles, está a herpes ....
com a participação de:
Daniel Cohen Goldemberg
CRO-RJ: 29267
Herpes labial: o que é? Como surge? Quais são os sintomas? Qual é o melhor tratamento? Saiba tudo sobre o assunto
Herpes Labial
Herpes labial: o que é? Como surge? Quais são os sintomas? Qual é o melhor tratamento?...
Você desconfia que está com herpes labial? Olhar para o espelho e notar uma feridinha na boca pode...
com a participação de:
Dulce Helena Cabelho Passarelli
CRO-SP: 35856
Início do herpes na boca: veja como identificar os primeiros sintomas
Herpes Labial
Início do herpes na boca: veja como identificar os primeiros sintomas
Você já teve herpes na boca? Essa doença é muito conhecida por seu poder de...
com a participação de:
Dulce Helena Cabelho Passarelli
CRO-SP: 35856
Herpes labial na infância pode resultar de um sistema imunológico enfraquecido
Herpes Labial
Herpes labial na infância pode resultar de um sistema imunológico enfraquecido
Uma criança com febre pode significar diversas coisas, inclusive, herpes labial . Isso mesmo! Bolhas...
com a participação de:
Vânia Côrtes
CRO PR 14.282
Gengivite estomatite herpética: conheça o quadro e saiba os riscos durante a infância
Herpes Labial
Gengivite estomatite herpética: conheça o quadro e saiba os riscos durante a infância
Os papais e as mamães de plantão sabem como deve ser o cuidado para que os pequenos não...
com a participação de:
Vânia Côrtes
CRO PR 14.282