A doença cárie é um dos problemas mais comuns na saúde bucal, e engana-se quem pensa que é um problema exclusivo na infância. Esse tipo de dano causado no dente é um reflexo do estilo de vida de cada um, já que a alimentação e cuidados com a saúde bucal são fatores extremamente ligados a essa condição. Com o intuito de prevenir a si mesmo e evitar complicações, o próprio corpo humano possui maneiras de proteger-se. Uma delas é a saliva, que é um importante fator para a prevenção de cáries. O dentista Igor Bittencourt conversou com o Sorrisologia e explicou mais sobre o assunto.

As maneiras de prevenir o surgimento de cárie

A cárie é decorrente da ação de ácidos na cavidade bucal que provocam lesões nos dentes. Essa deterioração da estrutura possui causas multifatoriais. O dentista explica que a melhor maneira de prevenção é através da higiene. Isto engloba uma escovação correta atrelada ao uso, imprescindível, do fio dental. Além disso, é importante destacar a necessidade de manter visitas regulares ao consultório do odontologista, uma maneira eficaz de acompanhar a saúde bucal e tomar medidas tão logo perceber alguma anormalidade na cavidade oral.

Como saliva pode prevenir os dentes de cáries?

A principal função da saliva é a capacidade de tamponamento. Isto significa que o líquido é responsável por manter o pH da boca como básico. Além disso, ela auxilia no processo fisiológico da desmineralização e remineralização do esmalte dos dentes. Dessa maneira, a saliva tem a capacidade de diminuir a acidez da cavidade bucal, o que contribui para a prevenção de cárie. No entanto, o desequilíbrio dessa função pode trazer problemas, conforme explica Igor. “O pH ácido altera a capacidade de remineralização do dente e facilita o desenvolvimento de cárie”.

Quais são os compostos da saliva responsáveis por essa prevenção?

A composição da saliva é um importante fator para a prevenção do processo de desmineralização dos dentes. Alguns exemplos e suas funções são a lactoferrina, que age na atividade microbiana; a estaterina, que estabiliza e transporta o cálcio; e as mucinas, que lubrificam e protegem a cavidade oral. “Dessa forma, a composição salivar é preventiva de cárie, por possui moléculas com capacidade antimicrobiana e tamponante”, completa o dentista.

A importância da saliva para a saúde bucal

A saliva é um importante composto que influencia a manutenção da saúde bucal, o que ajuda na deglutição de alimentos e possui características antibacterianas, mantendo a sua proteção e livre de microrganismos nocivos. Assim como destacado anteriormente, o profissional ressalta o importante auxílio prestado pela saliva no processo de remineralização do esmalte dental e em manter o pH salivar básico. São esses os fatores que dificultam a formação de cárie. Vale lembrar dos pacientes com problemas na produção salivar, caracterizando um quadro de xerostomia (boca seca). Para que as funções dependentes desse líquidos possam ser normalizadas, é possível recorrer a salivas artificiais ou substitutos salivares para solucionar o problema, por exemplo. Em todos os casos, a consulta com o profissional é imprescindível para a indicação do tratamento correto.

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Igor Bittencourt - Especialista em Periodontia
Rio de Janeiro - RJ
CRO-RJ: 43319