A sensibilidade dentária é um dos problemas mais comuns na saúde bucal. O quadro pode ser provocado por diversos fatores, como a pressão durante a escovação ou um quadro de erosão dentária, por exemplo. No entanto, é comum que pacientes grávidas apareçam nos consultório com reclamações do aumento da sensibilidade nessa fase, isso porque, a gravidez acaba desencadeando dentes sensíveis com mais facilidade. A dentista Stella Palhares conversou com o Sorrisologia sobre esse quadro e comentou os motivos e como se cuidar durante a gestação.

Entenda como a gravidez influencia na saúde bucal

A gestação é um momento caracterizado por muitas mudanças no organismo feminino, especialmente devido à grande variação hormonal. “Isso promove uma série de alterações relacionadas à cavidade bucal”, completa a profissional. Por isso, é importante manter o acompanhamento com a dentista nessa etapa, que indicará os cuidados ideias para seguir. Dentre os problemas bucais comuns durante a gravidez, a especialista destacou: hipossalivação, facilidade de desenvolver gengivite, aumento da incidência de cáries e dificuldade na hora da higiene, por conta dos enjoos.

É verdade que a sensibilidade aumenta nesse momento?

De acordo com Stella, as mudanças hormonais que acontecem no corpo da gestante são, igualmente, as maiores culpadas pelos problemas bucais, como dor nos dentes e gengiva. “Desde o aumento no fluxo sanguíneo até os hormônios hiperativos, a gestação cobra seu preço”, comenta ela. Por isso, a sensibilidade dentária se torna um quadro comum entre grávidas. Como provocador dessa doença, algumas causas podem ser destacadas como mais comuns.

A variação hormonal, por exemplo, afeta o modo como o corpo responde às bactérias, aumentando as chances de infecções periodontais, dor nos dentes e na gengiva. “Fluxo sanguíneo aumentado que pode resultar em gengiva inchadas e sensíveis ao toque”, esclarece a dentista. Devido essa propensão, fique mais atenta ao consumo de alimentos quentes e frios, pois podem provocar as dores da sensibilidade.

Sensibilidade na gravidez: o que fazer?

Como é um quadro comum de acontecer na gravidez, a profissional enumerou 5 cuidados para lidar com a sensibilidade dentária nesse momento:

1. Faça a higiene bucal com uma escova de cerdas macias;

2. Anote os alimentos que desencadeiam a sensibilidade. “Já sentiu dor de dente enquanto tomava um chá? Sorvete provoca dor? É melhor evitar esses ‘alimentos detonadores’, indica ela;

3. Reduza o consumo de doces, pois o açúcar contribui para a cárie e sensibilidade. “Se não, escove e remova esses resíduos frescos dos dentes e da boca”, acrescenta Stella;

4. Utilize cremes dentais dessensibilizante;

5. Consulte seu dentista. “Não use a gravidez como desculpa para evitar ocheckup regular que
mantém o sorriso da gestante sadio enquanto espera o bebê”, orienta.

Em grande parte dos casos, depois da gravidez a sensibilidade na gengiva acaba desaparecendo, assim como a dos dentes. Por isso, os alimentos, que incomodavam antes, podem voltar a ser consumidos.