A estação mais quente do ano é marcada por muito sol, dias ao ar livre, praia e piscina... Além disso, nossa alimentação também muda nessa época. Sorvete e suquinho gelado são a cara do verão! Porém, para quem sofre de sensibilidade nos dentes, esse momento pode ser marcado por muito desconforto. Por que temos essa sensação de que o problema aumenta nessa estação? O dentista Johnathan Marcondes falou com o Sorrisologia sobre o assunto!

Porque acontece a sensibilidade dentária?

A sensibilidade nos dentes é aquela dorzinha que sentimos em um ou mais dentes, como uma pontada, que acontece quando consumimos algo muito quente, gelado ou até mesmo doce. Esse problema ocorre quando a dentina fica exposta, porque o esmalte do dente está fraco e não consegue protegê-la. Mas afinal, por que será que isso acontece? As causas desse quadro podem ser variadas, mas entre as principais podemos destacar a retração gengival e as doenças periodontais. Caso você esteja sentindo esse sintoma, a melhor solução é consultar seu dentista, ele saberá fazer o diagnóstico correto!

No calor temos a sensação de que a sensibilidade aumentou

Agora que já entendemos melhor como funciona a famosa sensibilidade dentária, surge uma segunda questão. Ela aumenta durante o verão? “A sensibilidade em alguns casos aumenta no verão devido o maior consumo de alimentos gelados”, explica o profissional. Além disso, aquele sorvetinho ou milkshake costumam ser mais comuns nessa época do ano! Esses alimentos e bebidas gelados são estímulos externos que provocam a sensibilidade, por isso temos a sensação de que ela é maior durante o verão. O problema, portanto, nada tem a ver com a estação do ano.

O que deve ser feito para tratar esse problema?

Os tratamentos para a sensibilidade vão depender das causas desse problema. Ela pode ser causada por doenças gengivais, retração e também em quadros como a cárie. Nesses casos, o tratamento será voltado para a causa específica. Em algumas situações, ele pode ter cura, enquanto em outros, o controle é a melhor solução. “Seu dentista pode ajudá-lo a encontrar os tratamentos que funcionem melhor no seu caso, sempre o consulte”, recomenda Johnathan.

Além disso, existem alguns cuidados que podem ser tomados em casa. Use uma escova com cerdas macias, e faça a escovação passando por todos os dentes, porém sem exagerar na força. Usar sempre um creme com flúor é ideal, e existem ainda aqueles específicos para o combate à sensibilidade. “Mas nunca tente diagnosticar esse quadro sozinho, ele pode ser sinal de algum problema mais sério! Somente um dentista pode esclarecer a questão”, completa.