Para a maioria dos estudantes, a semana de provas é um momento de tensão. O nervosismo começa a aumentar, afinal, você já fica pensando na sua nota. Além de todos esses sentimentos, é comum que nesse período o cansaço aumente, principalmente devido às poucas horas de sono por conta dos estudos. Tudo isso pode levar a uma queda da imunidade e, não por acaso, o surgimento de herpes labial. O dermatologista Caio Lamunier conversou com o Sorrisologia sobre a relação da manifestação do vírus durante a época de estudos. Entenda o que acontece com seu corpo.

É comum os adolescente manifestarem o herpes labial?

O herpes labial é uma doença que pode ser apresentada por pacientes das mais diferentes idades. No entanto, os adolescentes são o grupo que mais passa pelas crises do vírus, e há explicação para isso. A primeira delas é que o primeiro contato com vírus, surge, geralmente, nesta fase da vida. E as primeiras crises são quando o herpes costuma manifestar-se mais vezes, e de maneira intensa. “Outra explicação possível é a frequente re-exposição ao vírus, pois os adolescentes entram em contato com o vírus de outras pessoas com maior frequência”, explica o médico.

Por que os adolescente costumam apresentar crise do herpes durante a semana de provas?

Semana de provas, geralmente, vem acompanhada de estresse ou ansiedade, que são gatilhos para a manifestação do vírus. Pode ser a semana de provas no colégio, aproximação do vestibular ou na faculdade, esses exames acabam resultando em um turbilhão de sentimentos. E, pensando nisso, o estresse tem uma relação muito direta na oscilação da imunidade. Vale ressaltar que o desequilíbrio do sistema imunológico é um forte contribuinte para o aparecimento do herpes labial. “Uma queda da imunidade desencadeia a proliferação do vírus e a manifestação da doença”, alerta o dermatologista.

Como é possível controlar as crises do herpes labial?

A semana de provas é uma montanha-russa de sentimentos para o adolescente. Rapidamente, o jovem passa de sua tranquilidade diária para um pico de estresse e pressão. Além disso, na maioria dos casos, essa cobrança parte dos próprios estudantes. Assim como indica o médico, uma dica ideal para contornar essa situação é estudar com antecedência. Essa organização consegue então diminuir a tensão dos dias de exames que se aproximam.

“Mas nem sempre isso é possível, assim, a introdução precoce das medicações é a solução”, orienta ele. É importante cuidar do lado emocional, em especial que já tem a tendência de crises recidivas. Vale tentar exercícios de relaxamento e respiração para reequilibrar sua mente durante esses dias. Encontre atividades que tranquilizam você, organize seus estudos e tente contornar as crises do herpes labial.

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Dr. Caio Lamunier - Dermatologista

São Paulo - SP
CRM-SP 124907