Você já deu uma olhada na sua língua hoje? Assim como os dentes, esse órgão também é uma parte muito importante na saúde bucal. Na sua superfície, é acumulada uma porção de restinhos de comida e bactérias que formam a chamada saburra lingual, uma espécie de massinha branca. Essa camada, quando não é removida, acaba causando vários problemas na região, como mau hálito e cáries. Para evitar que problemas como esses aconteçam, é importante cuidar bem da sua língua. Pensando nisso, o Sorrisologia fez um compilado explicando tudo o que você precisa saber sobre a língua.

Língua: conheça sua anatomia

Você sabia que o músculo mai forte do nosso organismo vive dentro da boca? A língua é, de fato, um órgão surpreendente. Graças a ela e suas papilas gustativas, conseguimos sentir o sabor dos alimentos mais gostosos. Com ela, também podemos sentir outras impressões não tão agradáveis, como o mau hálito e a formação da saburra lingual quando não escovamos o local de forma correta.

Como escovar a língua?

Para manter a língua limpa, é muito simples! Basta escovar com a própria escova de dentes ao final da higiene dos dentes - sempre no sentido de dentro para fora na posição horizontal. Outra opção de cuidado que ajuda a higienizar a região é o limpador ou raspador de língua que pode ser usado para tirar a saburra que fica na superfície da língua.

Como usar o limpador de língua?

Disponível no mercado em metal e em plástico, com ou sem cerdas, esse instrumento tem na sua ponta um final arredondado, onde se deve encaixar a língua. Dessa forma, o paciente o posiciona sobre ela e puxa de cima para baixo, removendo todos os pequenos agentes presentes na área. É importante lembrar que não se deve fazer uma pressão, pois pode acabar machucando a língua.

Por que fazer a limpeza da língua?

A higiene da língua deve ser feita pelo mesmo motivo que os dentes precisam ser escovados: para eliminar a placa bacteriana. Ao mostrar a língua no espelho, você consegue perceber que há uma camada branca na sua superfície, a saburra lingual. Ela é composta por várias bactérias e restos epiteliais de tecidos da gengiva e bochecha. Todo esse resto de sujeira é responsável por 90% dos casos de mau hálito.

5 benefícios que a escovação da língua trás

1. Acaba com a saburra lingual;

2. Combate a halitose;

3. Previne a diminuição do fluxo salivar;

4. Evita o surgimento de cáries;

5. Sua língua fica com uma aparência mais rosada e saudável.

Fique atento: 6 problemas que podem aparecer na sua língua

1. Afta

Uma mordida na língua pode ser responsável pelo surgimento de uma afta. Isso pode acontecer devido ao descuido na hora de comer algum alimento ou até mesmo por causa de dentes mal posicionados que acabam atingindo a língua e provocam uma afta no local.

2. Saburra

A saburra, essa massinha branca, é formada por bactérias e pedacinhos que se desprendem da parte interna da boca. Essa combinação pode ser uma das causas do mau odor proveniente da halitose. O segredo para prevenir esse problema, é escovar a língua e os dentes da maneira correta.

3. Câncer na língua

O câncer de boca pode dar sinal através da formação de caroços na língua. Nesse caso, o diagnóstico mais provável do profissional seria o de câncer na língua. Para esse problema bucal, também é comum que o paciente sinta dormência no local, bem como um certo inchaço na região. Um outro sinal dessa complicação é a presença de nódulos no pescoço, por conta do aumento dos gânglios linfáticos. Se você perceber um desses sinais na sua boca.

4. Língua geográfica

Conhecida cientificamente como glossite migratória benigna ou glossite areata esfoliativa, o quadro se caracteriza por uma doença bucal que pode afetar 1 a 2% da população, em geral os adultos. A nomenclatura de língua geográfica surgiu por ela ser o órgão mais afetado pela estomatite migratória benigna, processo inflamatório que acomete a cavidade oral. Sua aparência lembra muito uma demarcação cartográfica, onde estes mapas estariam em plena evolução e alterando com o tempo.

5. Língua lisa

A língua lisa pode ser um indício de anemia por deficiência de ferro ou por anemia perniciosa, que é causada por uma deficiência de vitamina B12. Essa doença pode apresentar diversas manifestações bucais, por isso é importante a participação do cirurgião-dentista no seu diagnóstico e tratamento.

6. Língua presa

Entre os problemas mais comuns que acometem os pacientes portadores da língua presa estão os prejuízos na área de sucção, fala, deglutição e mastigação.

A posição correta da língua

Descansar a língua é um ato involuntário, ainda mais porque ela passa boa parte do tempo nessa maneira, especialmente durante o sono. De acordo com o profissional, enquanto descansa ou relaxa, a posição da língua é ficar com a ponta na parte anterior do palato, ou seja, o céu da boca.

Conheça o mewing: o tratamento que melhora a posição da língua

Criada pelos doutores Mike e John Mew, o mewing é uma terapia que trabalha a postura da língua, a forma de engolir e a de mastigar para deixar o rosto mais simétrico e a mandíbula mais definida. A ideia é, por meio dos exercícios, promover o crescimento facial correto.