Pular para o conteúdo principal
Logo Facebook Powered By Logo OralB
17.04.2017

Saúde bucal infantil: mande a cárie para bem longe com uma alimentação mais saudável e rica em nutrientes

 Se o problema do seu filho é a cárie, já pensou em mudar totalmente a alimentação dele? A nutróloga Liliane Oppermann diz a importância de uma dieta balanceada para a saúde bucal infantil
Se o problema do seu filho é a cárie, já pensou em mudar totalmente a alimentação dele? A nutróloga Liliane Oppermann diz a importância de uma dieta balanceada para a saúde bucal infantil

Expert

Liliane Oppermann

Liliane Oppermann

CRM 123314

Médica Nutróloga, título de Especialista pela ABRAN (Associação Brasileira de Nutrologia) e Diretora da Associação Médica Brasileira de Ortomolecular (AMBO). Também pela ABRAN é capacitada em Nutrologia Esportiva, Diabetes, Obesidade Infanto-juvenil e em em acompanhamento pré e pós-cirurgia Bariátrica. Formada em 2002 na Univas (Pouso Alegre-MG), desde então vem se dedicando ao estudo da obesidade. Elaborou o Método de Emagrecimento Dieta DC e junto com a Prática Ortomolecular vem acompanhando seus pacientes. Especialista em Modulação Hormonal pela Longevidade Saudável.

Os hábitos nutricionais no início da vida são determinantes na prevenção de doenças e na construção de uma vida mais saudável. Se o seu filho só quer saber de doces e já sabe fazer cara feia para verduras e legumes, chegou a hora de mudar esse cenário. Para a criança encarar a comida saudável com outros olhos é importante incluir esses alimentos em seu cardápio o mais cedo possível. A alimentação rica em nutrientes ainda na infância diminui as chances de desenvolver cáries e outros problemas bucais causados pelo acúmulo de placa bacteriana. Para falar sobre a importância de uma refeição mais colorida para o seu filho, convidamos a nutróloga Liliane Oppermann.

Uma boa alimentação = sem cárie

Para muitos pais, tirar o chocolate da dieta de uma criança ainda é um grande desafio. Ouvir “não” do seu filho toda vez que você oferece uma maçã como sobremesa não deve ser fácil. Mas é importante persistir e continuar introduzindo opções nutritivas de uma forma bem sutil. Toda essa mudança valerá a pena para a saúde geral e bucal da criança. “Uma alimentação saudável contribui não só para o bom desenvolvimento cognitivo e físico da criança como também ajuda a evitar cáries, placas e gengivites”, explica a nutricionista.

Além disso, Liliane reforça a importância de incluir alimentos mais crocantes e outros hábitos na rotina dos pequenos. “Deve-se priorizar o consumo de vegetais, frutas com casca, beber uma boa quantidade de água e praticar todos os cuidados com a escovação diária”. Todas essas atitudes ajudam a prevenir lesões cariosas no sorriso do seu filho. Não deixe de praticá-las em conjunto.

Alimentos que não podem faltar na dieta do seu filho

Pepino: Ele é rico em vitaminas do Complexo B e Vitamina C. “O pepino é excelente para melhorar a imunidade e tratar gengivites e outras inflamações bucais”, garante a profissional. Com 95% de água em sua composição, ele também ajuda a manter um hálito fresco e dentes mais resistentes.

Maçã: Essa fruta tem uma casca fibrosa e limpa o sorriso de uma maneira superficial a cada mordida. “Ela possui pouco açúcar, alto teor de fibras e é rica em água, isso a torna uma aliada contra resíduos de alimentos que ficam entre os dentes”, diz. Sem falar que é uma excelente sugestão de sobremesa ou lanchinho da tarde.

Morango: De acordo com a nutróloga, o morango é uma das melhores opções para quem busca ter dentes mais brancos e brilhantes. “Isto porque ele é rico em ácido málico, um adstringente natural que auxilia a diminuir manchas nos dentes, além de ser rico em vitamina C, que ajuda a combater a placa bacteriana”, revela.

Iogurte: O iogurte, famoso por fazer parte do seu café da manhã, é rico em proteínas e lactobacilos vivos. “Importantes para combater bactérias que causam cáries e outras doenças bucais”. Além de ser rico em cálcio e fósforo, elementos que ajudam a manter os dentes fortes e saudáveis.

Pera: Com baixo índice glicêmico, a pera tem pouco açúcar e muita água em sua composição. Ela ajuda a manter um hálito fresco e previne a gengivite. Também é uma ótima fruta para se comer na ceia.

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Liliane Oppermann - nutróloga
CRM 123314

Mais Matérias: Alimentação
Alimentos rígidos podem quebrar dentes?
Alimentação
Alimentos rígidos podem quebrar dentes?
Não é novidade que manter uma boa higiene bucal é fundamental para evitar um dente quebrado . Mas, o que poucos pacientes sabem é que, a alimentação também é um dos fatores que podem facilitar o surgimento desse quadro. Isso porque existem alguns alimentos rígidos e duros, como pipoca,...
Brigadeiro, pudim, bem-casado... Confira a quantidade de açúcar dos doces favoritos dos brasileiros e os malefícios do excesso para a sua saúde bucal
Alimentação
Brigadeiro, pudim, bem-casado... Confira a quantidade de açúcar dos doces favoritos dos...
Que o consumo excessivo de doces e guloseimas  pode provocar o início de cárie não é novidade para ninguém. Embora os açúcares sejam nutrientes importantes para o nosso corpo, o excesso desses alimentos somados à má higiene oral pode trazer uma série de problemas à sua...
Frutas ácidas e saúde bucal: quais causam erosão dentária? Como prevenir o problema?
Alimentação
Frutas ácidas e saúde bucal: quais causam erosão dentária? Como prevenir o problema?
Quando pensamos em saúde bucal, é impossível não falar sobre alimentação....
com a participação de:
Vinícius Barçal
CRO-RJ: 3979-7
Consumo de alimentos ricos em açúcar faz parte do dia a dia do brasileiro: entenda como isso afeta a sua saúde bucal
Alimentação
Consumo de alimentos ricos em açúcar faz parte do dia a dia do brasileiro: entenda como...
Biscoitos, bolos, doces e refrigerantes - são inúmeras as guloseimas presentes na...
com a participação de:
Nelson Alfarano
CRO-RJ: 18163
Maçã ajuda na limpeza dos dentes: mito ou verdade?
Alimentação
Maçã ajuda na limpeza dos dentes: mito ou verdade?
Saúde bucal e alimentação andam lado a lado quando o assunto é garantir um sorriso...
com a participação de:
Rhianna Barreto
CRO-RJ:37448
Afta na boca: o que evitar comer para não piorar essa lesão bucal
Alimentação
Afta na boca: o que evitar comer para não piorar essa lesão bucal
Que as aftas podem ser um verdadeiro incômodo não é novidade para ninguém. Isso porque essas pequenas inflamações ficam expostas dentro da boca, principalmente na região da gengiva, bochecha e língua, causando dores e ardência na área da ferida. Mas, o que poucos sabem é que,...