Produto Relacionado:

Após a perda dentária, que pode ocorrer por acidentes ou como consequência de quadros bucais, o sorriso se torna debilitado. Nesse caso, a melhor opção é colocar uma prótese para deixar seu sorriso completo novamente. Após a colocação da prótese bucal, você deve adquirir alguns cuidados extras tanto na higiene bucal quanto na alimentação diária. Enquanto isso, atente-se para uma preocupação simples que pode surgir após o procedimento: o mau hálito. Veja o que o cirurgião dentista Marcelo Siqueira diz sobre o assunto!

Prótese dentária pode favorecer o mau hálito?

Depois de colocar a prótese você pensou que todos os seus problemas estavam resolvidos, até que começa a sentir um odor desagradável, que parece estar vindo da sua boca. Você pergunta para alguém de confiança, e a pessoa confirma: você está com mau hálito. Será que isso pode ter relação com a prótese? O dentista confirma que sim. Contudo, com atenção e boa higiene bucal esse problema pode ser evitado! “Isso acontece quando a prótese não é bem higienizada e por isso pode estar retendo alimentos e causando um acúmulo de bactérias causadoras da halitose”, explica Marcelo.

Como saber se esse é o motivo da halitose?

Existem, no entanto, outras possíveis causas para esse problema. Como saber então se esse é o motivo do odor desagradável? O jeito de tirar essa dúvida é “avaliando a prótese e seu estado de limpeza”, orienta o profissional. As próteses necessitam de cuidados específicos na sua higienização, que não podem ser deixados de lado. “Quando isso não ocorre temos áreas retentivas de placa, por causa dos restos de comida, que favorecem o aparecimento do mau hálito”, esclarece.

Como limpar a prótese dentária?

O mau hálito pode trazer muitos prejuízos para a vida de uma pessoa. Atrapalhar um encontro romântico, criar constrangimentos em situações de trabalho e principalmente afetar a autoestima de quem passa por esse problema. Para garantir que a prótese não resulte nessa situação, não é complicado: “Basta garantir uma excelente higienização orientada por um profissional da área”, indica Marcelo.

Na hora da limpeza, que deve ser feita sempre após as refeições, o ritual deve seguir como de costume. Fio dental, escovação passando por todos os dentes e para completar pode ser usado um bom enxaguante bucal. O importante nesse momento é ter atenção às áreas de cimentação e aos pilares. A prótese não precisa ser motivo de problemas para você, siga as instruções dadas pelo seu dentista e garanta um hálito sempre fresco e refrescante!

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Marcelo Siqueira - Cirurgião-dentista e Especialista em Prótese Dentária
Rio de Janeiro - RJ
CRO-RJ 35981