Produto Relacionado:

Já faz um tempinho que você colocou prótese dentária. Após a perda de um ou mais dentes, essa foi a melhor escolha para recuperar a beleza do seu sorriso. Mas nessa nova fase surgem algumas dúvidas, entre elas está a questão da higiene e, claro, a possibilidade do surgimento de doenças bucais. Quem usa prótese pode ter tártaro assim como outras pessoas que possuem seus dentes naturais? O periodontista Leonardo Costa esclarece e levanta a importância da escovação e o uso do fio dental para os pacientes protéticos.

Entenda de uma vez por todas

Prótese é todo dispositivo implantado no corpo para suprir a falta de um órgão ausente ou para restaurar uma função comprometida. O mesmo acontece na arcada dentária com a falta de um dente. A partir daí, o elemento passa a ser uma parte de você e pode, assim como os outros dentes, ter tártaro. “Biofilme bacteriano, também conhecido como placa calcificada, que adere em superfícies duras na boca, como dentes, próteses, implantes, aparelhos ortodônticos, entre outras”, explica o dentista.

Mesmo sendo uma prótese, é preciso cuidar

Para evitar que o tártaro ou qualquer outro problema tome conta dos seus dentes, é importante adotar uma boa higiene bucal. “Utilizando fio, escova e creme dental após as principais refeições, você consegue eliminar a placa bacteriana de forma correta”. Para alcançar esse resultado, o paciente deve procurar um dentista e ser orientado da melhor maneira de praticar esse ritual. “Tudo isso selecionando as técnicas e as ferramentas ideais de acordo com a sua necessidade”, comentou. Se o profissional achar necessário, serão realizadas uma profilaxia e raspagem do tártaro supragengival.

Em todo caso, a higiene bucal é sempre importante

A saúde bucal é extremamente importante não só para os dentes, mas, também, para todo o organismo. E a higiene pode ser considerada o começo de todo esse bem-estar. "A boca é uma das principais portas de entrada do organismo e já existem diversos estudos correlacionando doenças orais com problemas sistêmicos”, alerta o periodontista. Por isso, não se deixe levar pelo erro de que uma prótese exige menos cuidados que dentes naturais e mantenha sempre seu kit de higiene bucal por perto.