Pular para o conteúdo principal
Logo Facebook Powered By Logo OralB

Quantas vezes por dia é necessário usar o enxaguante bucal?

  O enxaguante bucal ajuda a manter sua boca livre de bactérias que provocam problemas bucais. Por isso, é importante entender mais sobre o uso do item. Saiba quantas vezes ao dia é preciso usá-lo
O enxaguante bucal ajuda a manter sua boca livre de bactérias que provocam problemas bucais. Por isso, é importante entender mais sobre o uso do item. Saiba quantas vezes ao dia é preciso usá-lo

Expert

Liana França Araújo

Liana França Araújo

CRO RJ 19174

Estomatologista e Mestre em Patologia Bucal. Atua na clínica particular desde 1994, exclusivamente como Estomatologista. Graduada pela UFF. Ex-docente da UNESA e UERJ. Trabalha com laser de baixa potência no tratamento de mucosite (pacientes oncológicos), DTM, paralisia facial e parestesias. E laser de alta potência (cirúrgico) para frenectomias, reaberturas de implantes, remoção de lesões benignas, gengivoplastias. Além disso, tem parceria com o CCB (Centro de Criogenia Brasil) que coleta de células-tronco a partir de dentes decíduos. Professora do Curso de capacitação de laserterapia em Odontologia da São Leopoldo Mandic - RJ

Pensar em higiene bucal é logo relacionar ao momento de escovação. Sim, essa etapa é de suma importância para a limpeza, pois a cerdas retiram a placa bacteriana e restos de alimentos. Entretanto, outro item também é capaz de manter sua saúde bucal em dia: o enxaguante bucal. Você já usou? O líquido tem diversas responsabilidades, seja para refrescar o hálito ou combater as cáries com a ação do flúor, concluindo a higienização da melhor forma. Mas, quantas vezes ao dia é preciso usá-lo? Confira as orientações da dentista Liana França sobre o uso do enxaguante bucal.

Qualquer paciente pode usar enxaguante bucal?

O enxaguante bucal é um dos itens que compõe o kit de limpeza bucal. Muitas pessoas logo desistem da ideia, pois associam o produto à ardência na boca. Isso é uma realidade para aqueles que usam o produto à base de álcool, o que não é recomendado pelos dentistas. Segundo a profissional, a função do enxaguante vai depender do princípio ativo presente nele. “As principais indicações são: prevenir a cárie dentária, controlar os níveis de microorganismos na boca e melhorar a qualidade da saliva”, esclarece a profissional. Por isso, Liana afirma que o líquido pode ser utilizado por qualquer paciente, desde que tenha a indicação correta.

Quantas vezes por dia é necessário usar o enxaguante bucal?

Para a estomatologista, utilizar o enxaguante requer orientações do profissional que acompanha a saúde bucal do paciente. E nessas indicações, também estará o número de vezes que você deve fazer o bochecho. “Depende de cada caso e do motivo da utilização do enxaguante bucal”, explica ela. Dessa maneira, é possível entender a importância da recomendação do profissional, pois é ele quem avaliará o seu caso e indicará a melhor posologia a ser utilizada. Então, sua saúde bucal estará sempre em dia!

Fique de olho nos cuidados importantes

Manter a cavidade bucal saudável depende tanto de atitudes diárias, como a higiene bucal, quanto as visitas regulares ao dentista que podem acontecer, em média, de seis em seis meses. A atenção no uso de cada item do kit de limpeza é essencial, seja para remover as bactérias da boca ou para não machucar os tecidos moles. E para usar o enxaguante bucal também existem alguns cuidados que precisamos seguir. “Sempre utilizar os enxaguantes sem álcool, ter cuidado para não engolir, deixar agir por pelo menos um minuto e não diluir com água”, orienta Liana. Faça cada uma das etapas com calma para manter-se livre de problemas bucais.

Mais Matérias: Produtos de Higiene Bucal
Irrigador dental: o que é? Para que serve? Todo paciente precisa usar? Dentista esclarece as dúvidas
Produtos de Higiene Bucal
Irrigador dental: o que é? Para que serve? Todo paciente precisa usar? Dentista...
Dentre as principais ferramentas que garantem uma higiene bucal eficaz , o irrigador dental é uma das...
com a participação de:
Uila Ramos da Silva
CRO-PE 10.380
Como eliminar o tártaro: a escova de dentes elétrica ajuda nesse tratamento?
Produtos de Higiene Bucal
Como eliminar o tártaro: a escova de dentes elétrica ajuda nesse tratamento?
Embora seja um problema silencioso, o tártaro é um verdadeiro inimigo da saúde bucal e pode resultar em uma série de incômodos, como gengivite e periodontite. Além disso, a placa bacteriana endurecida pode provocar aquela coloração amarelada nos dentes , o que compromete a estética do seu...
Escova de dentes elétrica: veja 4 vantagens do acessório para higiene bucal infantil
Produtos de Higiene Bucal
Escova de dentes elétrica: veja 4 vantagens do acessório para higiene bucal infantil
Não é novidade para ninguém que a escova de dente elétrica pode trazer diversos benefícios para saúde bucal. Mas você sabia que esse acessório também pode ser um grande aliado na hora de cuidar do sorriso das crianças? Além de ser uma opção mais atrativa para os...
O que usar para limpar os dentes com aparelho ortodôntico?
Produtos de Higiene Bucal
O que usar para limpar os dentes com aparelho ortodôntico?
Quem usa aparelho ortodôntico sabe bem que a limpeza dos dentes é um cuidado fundamental para garantir a saúde bucal. Isso porque o uso de braquetes e outros acessórios pode favorecer o acúmulo de resíduos e placa bacteriana, facilitando o surgimento de doenças bucais e comprometendo a saúde do seu...
Controle do tempo: entenda a importância de escovar os dentes com a escova elétrica em 2 minutos
Produtos de Higiene Bucal
Controle do tempo: entenda a importância de escovar os dentes com a escova elétrica em...
Não é novidade que manter a higiene bucal em dia é uma das principais formas de garantir a...
com a participação de:
Leonardo Costa
CRO-BA: 5935
Qual enxaguante bucal ajuda a tratar o mau hálito? Entenda se esse produto de higiene bucal é capaz de melhorar a halitose
Produtos de Higiene Bucal
Qual enxaguante bucal ajuda a tratar o mau hálito? Entenda se esse produto de higiene...
Que o mau hálito é um dos problemas bucais mais temidos entre os pacientes não é...
com a participação de:
Nelson Alfarano
CRO-RJ: 18163