Ter um sorriso alinhado e mais branquinho é o desejo de muitas pessoas e, para isso, o clareamento dental é, atualmente, o mais procurado em consultórios odontológicos pelo seu custo-benefício. No entanto, questionamos a uma profissional se pacientes com próteses dentárias podem passar pelo clareamento dental, já que próteses são substituições dos elementos dentários. Veja as explicações da dentista Katyuscia Laurentt.

Qualquer paciente pode realizar clareamento dental?

O clareamento dental é indicado quando há alteração na coloração dos dentes. Essa alteração pode acontecer por motivos diversos e a dentista explica quais as principais causas desse escurecimento fisiológico: “Consumo exagerado de pigmentos ou efeito colateral de medicamentos podem ser causas dessa mudança”, comenta. Segundo Katyuscia, de maneira geral, qualquer pessoa pode se submeter ao clareamento dos dentes, mas antes, ela deve passar por uma avaliação. “Se esse paciente apresentar dentes íntegros, sem muitas restaurações e uma boa condição de saúde bucal, o procedimento pode ser feito imediatamente”, comenta Katyuscia.

Cuidados para pacientes com próteses dentárias e restaurações

Para os pacientes que usam restaurações e próteses extensas em um ou em todos os dentes, o dentista afirma que não podem passar por esse procedimento e explica o motivo. “Os dentes protéticos não clareiam e podem acabar se tornando mais escuros do que os outros dentes clareados depois do tratamento, provocando danos estéticos que podem ser ainda piores”, adverte. Para esses pacientes, contudo, uma solução pode estar na substituição das próteses após o procedimento para garantir a uniformidade de tom no sorriso. Outra solução, e a mais recomendada, é que o clareamento seja feito antes do uso da prótese.

É preciso trocar as próteses dentárias e restaurações após o clareamento?

Para a dentista essa troca é sim necessária, já que o paciente deve ser informado que talvez tenha que substituir as restaurações e próteses dentárias já existentes depois do procedimento. “Como explicado anteriormente, isso acaba sendo necessário, pois elas não sofrem ação dos clareadores e parecerão mais escuras comparadas aos dentes clareados”, diz.

Os cuidados principais após o clareamento dental

Mesmo depois de feito o tratamento, se o paciente não tiver cuidados e respeitar o tempo de intervalo na ingestão de certos tipos de alimentos, o resultado do clareamento dental pode ser prejudicado. Se a pessoa conseguir manter uma alimentação saudável e seguir todas as recomendações do profissional de odontologia, seu tratamento pode chegar a durar até 2 anos.