Pular para o conteúdo principal
Logo Facebook Powered By Logo OralB
22.01.2021

Quais são as causas das aftas? Dentista recomenda o melhor remédio para essas lesões

As aftas podem aparecer por diversos motivos. Entenda as causas dessas lesões e os tratamentos para amenizá-las
As aftas podem aparecer por diversos motivos. Entenda as causas dessas lesões e os tratamentos para amenizá-las

Expert

Sandra Regina de Oliveira Torres

Sandra Regina de Oliveira Torres

CRO-SP:113237

Cirurgiã dentista especialista em traumatologia e cirurgia buco maxilo facial, implantodontista e laserterapia. Especialista clínica em hospitais de São Paulo no atendimento de pacientes oncológicos e oncologia pediátrica em UTIs.

Só quem já teve uma afta sabe como isso pode ser extremamente incômodo e doloroso. Apesar de ser aparentemente inofensiva, essa pequena ferida na boca é uma das mais chatinhas de se lidar, isso porque ela pode afetar significativamente ações básicas, como a fala, mastigação e até mesmo a ingestão de certos alimentos e líquidos. O problema é que as causas dsse problema são bem variadas, o que torna bastante difícil de prevenir. Por isso, o melhor a se fazer é saber como tratar as aftas. Para tirar algumas dúvidas sobre o assunto, conversamos com a dentista Sandra Regina. Veja o que ela nos disse!

O que é afta e como essa ferida surge na boca?

Também conhecida como úlcera oral ou estomatite aftosa, a afta pode ser descrita como uma ou mais feridas doloridas na cavidade oral (mais especificamente na região da mucosa) e que pode atingir orofaringe (a parte da garganta logo atrás da boca), segundo a especialista. “Trata-se de uma pequena úlcera não muito profunda, mas que costuma ser dolorosa e incomodar bastante, dificultando a ingestão de alimentos durante a dieta. Além disso, a afta pode ainda causar febre e cansaço em casos específicos”, revela.

Quais são as causas das aftas?

É muito difícil apontar uma única causa para as aftas, porque elas podem ocorrer por diversos motivos. De acordo com a dentista, há lesões bucais que facilitam bastante o desenvolvimento desse quadro, como tratamento dentário (em especial os ortodônticos), escovação feita de forma inadequada, prática de esportes e até mesmo uma simples mordida na bochecha. Além disso, quando o paciente possui algum tipo de sensibilidade alimentar, ele fica mais propenso a ter aftas se consumir chocolate, café, alimentos ácidos e cítricos ou condimentos.

“Carência de vitaminas e minerais, como ferro, ácido fólico, vitamina B12 e zinco também são possíveis causas, assim como alterações hormonais que ocorrem durante o período menstrual”, explica. Vale destacar que, geralmente, as aftas também podem estar relacionadas com o desequilíbrio do sistema imune do paciente, pois a baixa imunidade facilita a instalação de vírus e fungos na região da boca.

Saiba como acabar com as aftas de forma segura!

Quando uma afta surge, o que a gente mais quer é tentar se livrar dela o quanto antes. Arde, dói e parece que a danada nunca vai embora. Então como tratá-las e acabar com esse desconforto? Uma medida simples e eficaz que pode ajudar bastante nessas horas são os bochechos feitos com uma colher de leite de magnésia ou bicarbonato de sódio diluído em um copo de água. Além disso, outro tratamento caseiro bastante utilizado é diluir um pouco de água oxigenada 10 volumes em água mineral e, em seguida, usar um cotonete para aplicá-la diretamente na afta. Mas atenção: nada de aplicar sal, água oxigenada ou bicarbonato de sódio puros diretamente na lesão. O sal, na verdade, não deve ser usado de jeito nenhum, mas tanto a água oxigenada quanto o bicarbonato de sódio precisam ser diluídos em água antes.

Casos mais complexos de aftas recorrentes ou em uma quantidade muito grande podem exigir uma consulta médica com o dentista. Depois de avaliar o quadro, podem ser indicadas pomadas específicas para aliviar as dores da região ou tratamentos feitos com laser de baixa potência.

Esse artigo contou com a participação de:
Sandra Regina de Oliveira Torres - Cirurgiã-dentista e especialista em traumatologia
São Paulo - SP
CRO-SP: 113237

Mais Matérias: Aftas
Tratamento para afta: quais os melhores remédios? É possível evitar a lesão? A higiene bucal pode ajudar?
Aftas
Tratamento para afta: quais os melhores remédios? É possível evitar a lesão? A higiene...
Lidar com o surgimento de aftas na boca está longe de ser uma tarefa fácil. Além de causar...
com a participação de:
Murilo Perrella
CRO-SP 70.858
Afta na garganta: quais são as causas? Qual é o melhor tratamento?
Aftas
Afta na garganta: quais são as causas? Qual é o melhor tratamento?
Aftas são bolinhas inflamadas que normalmente aparecem nos lábios e na língua. Mas você...
com a participação de:
Igor Puga
CRO-RJ 28418
Afta nos lábios ou herpes labial: saiba como diferenciar essas duas lesões na boca
Aftas
Afta nos lábios ou herpes labial: saiba como diferenciar essas duas lesões na boca
Se você já teve uma afta na boca, sabe muito bem a sensação de desconforto que...
com a participação de:
Daniele Machado
CRO-RJ 26.953
Afta no céu da boca: o que é? Quais as causas? Como tratar essa lesão?
Aftas
Afta no céu da boca: o que é? Quais as causas? Como tratar essa lesão?
Quem nunca passou pelo desconforto de ter uma afta na boca?  Responsáveis por causar dores e...
com a participação de:
Rita Ventura
CRO-RJ: 42601
Afta na boca: o que evitar comer para não piorar essa lesão bucal
Aftas
Afta na boca: o que evitar comer para não piorar essa lesão bucal
Que as aftas podem ser um verdadeiro incômodo não é novidade para ninguém. Isso porque essas pequenas inflamações ficam expostas dentro da boca, principalmente na região da gengiva, bochecha e língua, causando dores e ardência na área da ferida. Mas, o que poucos sabem é que,...
Afta na boca: qual é o melhor tratamento? Como prevenir essas lesões?
Aftas
Afta na boca: qual é o melhor tratamento? Como prevenir essas lesões?
Dentre os problemas bucais mais comuns, a afta é certamente um dos mais incômodos. Além de...
com a participação de:
Sandra Regina de Oliveira Torres
CRO-SP:113237