Faz tempo que você perdeu um ou mais dentes. A vontade de sorrir não é mais a mesma, falar ou até comer uma refeição bem gostosa já não tem o mesmo sabor e, com o passar dos meses, você só fica mais descontente com sua aparência. Ninguém merece passar por uma situação dessas - e nem precisa. A Odontologia oferece várias técnicas, como a colocação de prótese fixa, que recuperam o prazer de mostrar o seu sorriso novamente. "São coroas proféticas fixadas sobre os remanescentes dentais ou sobre implantes", descreve o dentista Alexandre Moreira.

Prótese fixa é o mesmo que implante dentário?

Apesar de muita gente acreditar que as duas técnicas são parecidas, os profissionais do ramo estão aí para mostrar que estes trabalhos são bem diferentes, mas que apresentam o mesmo objetivo: reabilitar a função dentária. "O implante é instalado no osso e é feito um trabalho em cima do mesmo, já a ponte fixa substitui um elemento perdido, no caso o dente, por um trabalho apoiado em dentes adjacentes à este espaço", explica o cirurgião-dentista Cláudio Rêgo de Sá.

Em quais casos a prótese fixa é indicada?

Alexandre esclarece a dúvida. "Quando o paciente perdeu um ou mais dentes para repor essas unidades". Claro que existem outras opções, como o próprio implante dentário, mas quem poderá ajudar a fazer uma boa escolha é o seu dentista. Após realizar uma série de exames bem minuciosos, o profissional propõe a melhor solução para o paciente ter o seu sorriso de volta. Não tenha medo e confie no odontologista.

Os benefícios são muitos

Adotar essa novidade para reestruturar o seu sorriso reflete em vários benefícios que acontecem de dentro para fora do universo bucal. "A função mastigatória é restabelecida normalmente, com a sensação de dentes naturais, não há necessidade de remoção para higienização, a estética é excelente e não machuca a mucosa". Viu, só? Se a prótese fixa for a sua melhor escolha, você só tem a ganhar.