Pular para o conteúdo principal
Logo Facebook Powered By Logo OralB
24.06.2020

Profilaxia dental: com que frequência devo fazer essa limpeza no consultório dentário?

Expert

Uila Ramos da Silva

Uila Ramos da Silva

CRO-PE 10.380

Cirurgiã-Dentista formada pela Universidade Federal de Pernambuco, Ortodontista formada pela Faculdade de Odontologia do Recife, apaixonada pela profissão e motivada por valorizar a vida transformando sorrisos e restaurando a vontade de sorrir!

A profilaxia dental - ou limpeza dos dentes, como é popularmente conhecida - é uma das maiores responsáveis por evitar manchas, doenças e inflamações causadas pelo acúmulo de placa bacteriana, tártaro e outras impurezas. Por isso, ela é tão importante quanto o hábito de escovar os dentes e passar o fio dental todos os dias. Mas você sabe com que frequência esse procedimento deve ser feito? Ou quais benefícios a limpeza pode trazer para o seu sorriso? Para esclarecer essas dúvidas, o Sorrisologia conversou com a dentista Uila Ramos que explicou como funciona a profilaxia dental. Veja só!

Mas, afinal, o que é a profilaxia dental e como ela é realizada?

De maneira geral, a profilaxia dental nada mais é do que o procedimento de limpeza dos dentes. Segundo Uila, ela consiste em um conjunto de procedimentos para remover a placa bacteriana que se forma e se adere aos dentes, provocando inflamação gengival, propensão a lesões de cáries dentárias e mau hálito. Na prática, esse processo pode ser feito de forma mecânica ou manual. “Na primeira, a limpeza é feita com o uso de ultrassom odontológico para a remoção da placa mais mineralizada, associado ao jato de bicarbonato para a remoção do biofilme que, além da adesão à superfície dos dentes, se acumula no limite próximo à gengiva. Já a maneira manual, é realizada através da raspagem com o uso de curetas periodontais”, explica a profissional.

Quais os benefícios em fazer a profilaxia dental regularmente?

Para a surpresa de alguns, os benefícios que podem ser adquiridos com a limpeza dos dentes são inúmeros. “A profilaxia dental preveni doenças periodontais e patologias que comprometem a saúde da gengiva e a inserção dos dentes, combate ao mau hálito e reduz os riscos de desenvolvimento de cáries dentárias e perdas dos dentes”, revela Uila. Além disso, quando essa limpeza é feita em conjunto com uma rotina diária de cuidados bucais, é possível prevenir e tratar precocemente doenças, mantendo um sorriso mais saudável.

De quanto em quanto tempo deve ser feita a profilaxia dental?

De acordo com Uila, o ideal é que a visita ao dentista para realizar a profilaxia dental seja feita, no mínimo, a cada seis meses. No entanto, é preciso analisar as especificidades de cada paciente, avaliando o risco de cáries com base em sua rotina. Pacientes portadores de doenças crônicas, por exemplo, estão mais propensos a desenvolver a placa bacteriana devido a alteração no fluxo salivar. Além disso, o dentista alerta: pacientes em tratamento ortodôntico precisam reforçar os cuidados com a higiene bucal. “A presença de inflamação gengival é prejudicial ao movimento dentário e deve ser tratada. Caso contrário, pode ser necessário pausar o tratamento até sanar completamente a inflamação gengival”.

Alguns cuidados podem ajudar a prolongar os resultados da profilaxia

Assim como outros procedimentos odontológicos, a profilaxia dental também exige alguns cuidados para prolongar o seu resultado. Entre eles, está a adoção de uma alimentação mais equilibrada. Nesse caso, é importante diminuir o consumo de carboidratos e apostar em frutas e legumes. Além disso, o consumo de, pelo menos, dois litros de água é fundamental. “O líquido ajuda a estimular a salivação em quantidade e qualidade, o que contribui para autolimpeza e a neutralização do pH bucal”, conta. A escovação e o uso de fio dental após as refeições também é essencial. Mesmo depois daquele lanchinho, combinado?

Este artigo contou com a participação de:

Uila Ramos da Silva
CRO-PE 10.380
Cirurgiã-Dentista formada pela Universidade Federal de Pernambuco, Ortodontista formada pela Faculdade de Odontologia do Recife

Mais Matérias: Dentes
Fechamento do diastema: a frenectomia pode tratar o espaço entre os dentes? Saiba mais sobre o procedimento
Dentes
Fechamento do diastema: a frenectomia pode tratar o espaço entre os dentes? Saiba mais...
O diastema não é uma doença bucal , como a cárie, a gengivite ou a periodontite. Na...
com a participação de:
Uila Ramos da Silva
CRO-PE 10.380
Escaneamento intraoral: o que é? Para que serve? Conheça mais sobre essa tecnologia na odontologia
Dentes
Escaneamento intraoral: o que é? Para que serve? Conheça mais sobre essa tecnologia na...
A tecnologia e a odontologia andam lado a lado. As novas técnicas podem ser usadas para tratar uma...
com a participação de:
Rhianna Barreto
CRO-RJ:37448
Cirurgia guiada odontológica: dentista esclarece 5 dúvidas sobre o procedimento tecnológico
Dentes
Cirurgia guiada odontológica: dentista esclarece 5 dúvidas sobre o procedimento...
Você já ouviu falar em cirurgia guiada? Na odontologia, qualquer tipo de procedimento cirúrgico...
com a participação de:
Daniele Machado
CRO-RJ 26.953
Diastema precisa ser corrigido? Entenda em quais casos é necessário o ajuste desse espaço entre os dentes
Dentes
Diastema precisa ser corrigido? Entenda em quais casos é necessário o ajuste desse...
O diastema é uma característica bem marcante e conhecida no sorriso de muita gente, inclusive de...
com a participação de:
Caroline Malavasi
CRO /RJ 38947
Perdi um dente: o que fazer? É possível reimplantar? Como isso pode acontecer e como prevenir o problema?
Dentes
Perdi um dente: o que fazer? É possível reimplantar? Como isso pode acontecer e como prevenir o...
Engana-se quem pensa que perder um dente é algo incomum. Na verdade, existe uma série de fatores que podem contribuir para a perda dentária, como má higiene bucal, doenças periodontais e traumas. Mas, independente do fator causador, uma coisa é certa: conversar com um dentista para avaliar a...
5 anos cuidando do seu sorriso! Reveja alguns dos conselhos mais valiosos sobre saúde bucal que você aprendeu com o Sorrisologia
Dentes
5 anos cuidando do seu sorriso! Reveja alguns dos conselhos mais valiosos sobre saúde bucal que...
Cuidar bem dos seus dentes vai muito além da higiene bucal . É claro que um sorriso saudável precisa de escovação, fio dental e o uso de um bom enxaguante, mas isso não é tudo! Também é importante se atualizar sobre essas técnicas e buscar novas tecnologias e tratamentos no meio...