Pular para o conteúdo principal
Logo Facebook Powered By Logo OralB
19.02.2020

Problemas gengivais: dentista comenta causas, sintomas, tratamento e prevenção

  Já ouviu falar de retração gengival ou pericoronarite? Assim como a gengivite, elas são problemas gengivais que podem até mesmo resultar em uma perda dentária! Veja os principais sintomas, tratamentos e prevenção delas
Já ouviu falar de retração gengival ou pericoronarite? Assim como a gengivite, elas são problemas gengivais que podem até mesmo resultar em uma perda dentária! Veja os principais sintomas, tratamentos e prevenção delas

Expert

Felipe Abreu

Felipe Abreu

CRO-SP.CD: 110635

Graduado pela UFVJM, é mestre em Ortodontia, com especializações em Estomatologia, Radiologia Odontológica e Implantodontia

Com certeza você já ouviu falar da gengivite. É um problema bucal muito conhecido porque acontece com várias pessoas. Mas o que muitos não sabem é que existem diferentes complicações que podem acometer essa região da boca, principalmente se a gengivite não for tratada corretamente. Por isso, separamos tudo o que você precisa saber sobre os principais problemas gengivais, como a periodontite, retração gengival e outros! Convidamos o especialista Felipe Abreu para comentar as causas, sintomas, tratamento e prevenção de cada uma.

Qual a principal causa dos problemas gengivais?

Não importa qual problema gengival, todos têm a mesma causa: a falta de higienização correta dos dentes. Todos os pacientes devem desenvolver uma rotina de escovação para eliminar os restos de alimentos e bactérias que se formam na placa bacteriana, uma camada que reveste os dentes. Por isso, o especialista é bem direto ao definir a causa. “O acúmulo da placa bacteriana que não foi idealmente removida, devido à má higienização”, aponta.

Retração gengival

O principal sintoma da retração gengival é uma diminuição do tecido da gengiva, deixando o dente mais exposto. Normalmente, esse quadro está atrelado a algum outro problema bucal, como a periodontite. Mas pacientes com uma boca saudável também podem desenvolvê-la. As causas mais comuns são: mau posicionamento dentário, hereditariedade e doenças periodontais. Para tratá-la, o paciente talvez precise passar por uma cirurgia de enxerto de tecidos modelo, para recompor a estrutura perdida. Já prevenção é a mesma de todas as outras complicações. “Uso de fio dental diariamente, escovação correta – três vezes ao dia, com escova de cerdas macias – e uso de enxaguantes bucais”, recomenda.

Gengivite

Gengivite é o primeiro estágio dos problemas gengivais. Entre essas outras complicações, os sintomas dela são os mais brandos. “Gengivas avermelhadas, sangramento ao escovar os dentes e até mau hálito”, aponta. O tratamento e prevenção envolve as profilaxias bucais, ou seja, a limpeza dentária feita no consultório do dentista. Esse procedimento ajuda a remover o que o paciente não consegue em sua limpeza diária. Além disso, uma melhora nos hábitos de higiene também é importantíssima. Afinal, a escovação não é o único passo para deixar seus dentes mais saudáveis. O fio dental é essencial para retirar as bactérias que a escova não consegue alcançar. Não se esqueça de perguntar ao seu dentista quais enxaguantes bucais podem ser indicados para o seu caso.

Periodontite

A periodontite é o segundo estágio da gengivite. Na gengivite, há apenas um inchaço e sangramento na região. Mas, com esse problema, os sintomas são um pouco mais aparentes. Quando acontece, pode ser que o paciente passe por uma perda óssea, bem na raiz do dente. Assim, o dente pode ficar mais enfraquecido e sensível durante a mastigação. Por isso, muitos pacientes podem até mesmo perder o dente por conta dessa complicação. Além disso, a retração gengival é bem presente nessa situação, deixando o dente mais exposto. O tratamento envolve, se houver, a retirada do tártaro, o polimento do dente e a aplicação de flúor para recuperar a camada dentária.

Pericoronarite

A pericoronarite trata de um caso muito específico, mas ainda é considerado um problema gengival. Ela acomete pacientes que têm algum dente irrompido, ou seja, que está parcialmente coberto pela gengiva e não erupcionou corretamente. É essencial que a higienização seja ainda mais bem feita, por conta do fácil acúmulo de bactérias na área. Por isso, a prevenção é a boa limpeza da região, com um ainda maior uso do fio dental. “A prevenção é feita no dentista através de profilaxia e em casa, com escovação correta e uso de fio dental diariamente”, recomenda. Já o tratamento pode envolver alguns medicamentos, como antiinflamatórios e antibióticos. Em todos os casos, é importante procurar um periodontista para checar as melhores opções para o seu caso!

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Felipe Abreu - Especialista em Ortodontia, com especializações em Estomatologia, Radiologia Odontológica e Implantodontia
São Paulo - SP

Mais Matérias: Gengiva
Sensibilidade dentária após a gengivoplastia: é normal ter? Descubra como aliviar essa dor de dente
Gengiva
Sensibilidade dentária após a gengivoplastia: é normal ter? Descubra como aliviar essa...
A gengivoplastia é um tratamento bastante procurado nos consultórios dentários. Simples e...
com a participação de:
Kalina Diniz
CRO-SP: 110560
Quanto tempo dura a periodontite? Saiba como tratar a doença bucal e todos os cuidados para preveni-la ainda na gengivite
Gengiva
Quanto tempo dura a periodontite? Saiba como tratar a doença bucal e todos os cuidados...
A periodontite é uma das doenças bucais mais perigosas que podem atingir o seu sorriso. Causada pela...
com a participação de:
Renata Ribeiro Horn
CRO/RJ: 30422
Gengiva inchada e sangrando após o uso da escova de dentes elétrica: preciso interromper o uso?
Gengiva
Gengiva inchada e sangrando após o uso da escova de dentes elétrica: preciso...
Você notou a gengiva inchada e sangrando depois de usar a escova de dentes elétrica? Isso pode ser um...
com a participação de:
Rhianna Barreto
CRO-RJ:37448
A escova de dentes elétrica ajuda no tratamento da gengivite? Entenda os benefícios desse produto de higiene bucal
Gengiva
A escova de dentes elétrica ajuda no tratamento da gengivite? Entenda os benefícios...
Por qual motivo você escova os dentes? Apenas por ser uma obrigação ou para que o seu sorriso...
com a participação de:
Caroline Malavasi
CRO /RJ 38947
Doenças bucais, como a gengivite, podem prejudicar o tratamento do coronavírus?
Gengiva
Doenças bucais, como a gengivite, podem prejudicar o tratamento do coronavírus?
Gengivite, periodontite, cárie...  Essas doenças bucais são um verdadeiro perigo para...
com a participação de:
Rhianna Barreto
CRO-RJ:37448
Gengiva inchada e sensível durante o período menstrual: 3 maneiras de aliviar esses incômodos
Gengiva
Gengiva inchada e sensível durante o período menstrual: 3 maneiras de aliviar esses incômodos
A sua gengiva está inchada e bastante sensível, e esses sintomas coincidiram com o seu período menstrual? A verdade é que, esses sinais, embora pareçam muito com os da gengivite , acabam sendo bem comuns durante a menstruação, devido a alteração hormonal da mulher ao longo ou no...