Os dentes sisos são os últimos molares que podem vir a nascer. Por isso, muitas vezes não há espaço para eles na arcada dentária e uma cirurgia é necessária para extraí-los. No entanto, há alguns cuidados necessários durante o pós-operatório para que tudo ocorra bem. Uma das dúvidas recorrentes é se é preciso voltar ao consultório para retirar os pontos. O dentista Robson Caumo explica mais sobre o assunto.

O que fazer após extrair o siso?

Principalmente por ser uma cirurgia, algumas medidas precisam ser seguidas para que o paciente tenha uma boa recuperação. “Existe todo um protocolo pós-operatório para exodontias, o que varia de acordo com a complexidade que se deu o ato cirúrgico”, explica o dentista. Geralmente, é recomendado um repouso de um ou dois dias, colocar gelo no local da cirurgia (interno e externamente) e tomar os remédios prescritos pelo ortodontista. Além disso, não pode deixar de higienizar os dentes próximos da extração, da forma correta e com cuidado.

É preciso voltar ao dentista para retirar os pontos?

A volta ao consultório vai depender de cada caso, especialmente por conta do tipo de fio que foi usado para fazer a sutura do local do dente retirado. É comum as suturas serem feitas com fio de seda ou de nylon, tipos que não são reabsorvíveis. Nessas situações, o paciente precisa retornar ao dentista. “No caso dos fios reabsorvíveis, não há esta necessidade”, explica Robson. Além disso, vale ressaltar a importância do profissional observar a área da cirurgia dias após, para verificar como está a recuperação.

Tempo dos pontos caírem ou serem retirados

O tempo vai depender também da complexidade do ato cirúrgico. Há casos em que o dente siso está na posição incorreta, podendo estar incluso (dentro do osso) e/ou impactado (algum obstáculo), o que dificulta seu nascimento. Porém, é indicado pelo dentista um tempo determinado para voltar ao consultório se for necessário retirar os pontos, o que depende do tipo. “Geralmente se remove os pontos 7 dias após o procedimento”, indica o profissional.

Infecção nos pontos da extração

Se o paciente seguir todas as indicações do dentista, diminuirá muito a possibilidade de infecção. No entanto, sem a higienização dos dentes ao redor e no ponto, alguma contaminação pode acontecer, conforme explica o ortodontista, "Estes devem também ser higienizados de forma suave, geralmente com um cotonete embebido por algum enxaguante. Por isso a importância da limpeza do local da cirurgia, além de evitar inflamações, ela contribui para que não ocorra infecções”, finaliza.

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Robson Caumo - Ortodontista e Especialista em DTM
Niterói - RJ
CRO-RJ: 30043