Você jurou que seria o último. Só mais um último cigarro e, depois, vida nova. O plano parecia perfeito até alguns dias se passarem e você perceber que parar de fumar nem sempre é uma decisão simples. Nessas horas, sabe o que é capaz de ajudar? Lembrar o quanto a vida pode ser melhor longe desse vício. Agora, com a ajuda do dentista Daniel Cohen, entenda quais são os benefícios de largar o tabaco para a saúde da sua boca.

Vantagens para a saúde bucal

Os malefícios do cigarro são bastante conhecidos. O que não faltam são campanhas educativas, conselhos e histórias que alertam sobre os perigos desse hábito. No entanto, ao deixá-lo, o corpo já sente as mudanças a curto e a longo prazo.

Segundo Cohen, bastam vinte minutos de abstinência para a pressão sanguínea e as batidas cardíacas voltarem ao normal. E não para por aí: a boa notícia é que, com o passar do tempo, os benefícios continuam e a saúde bucal começa a ser diretamente beneficiada.

Você recupera seu paladar

É bastante comum que um fumante não sinta completamente o gosto de um doce, por exemplo. O profissional explica que essa alteração no paladar, chamada de disgeusia, é geralmente revertida quando o vício é deixado de lado. Mesmo nos casos em que a ajuda do estomatologista é necessária, uma coisa é certa: comer pode voltar a ser uma ótima experiência em todos os sentidos.

Gengivas mais saudáveis e hálito fresco

Segundo o dentista, não só os problemas na gengiva como também o mau hálito tendem a melhorar quando se abandona o cigarro. Mesmo assim, é importante procurar um especialista. “Podem ser necessários tratamento periodontal e estomatológico, visto que o tabagismo afeta o fluxo sanguíneo do organismo, levando a reflexos nas estruturas de suporte dos dentes, podendo até levar à perda dos mesmos”, alerta.

Diminui o risco do câncer

Ela é uma doença bastante temida e comumente associada ao fumo e suas consequências. Ainda na lista de motivos para parar de fumar, um dos mais importantes é lembrar da relação do tabaco com o câncer. “O tabagismo é o agente modificador externo mais associado a essa doença, e não estamos falando apenas do câncer de boca”, lembra Daniel.

Não tenha vergonha de buscar ajuda

Se não faltam razões para largar o vício, também não faltam maneiras para conseguir fazer isso de uma vez por todas - mas com um passo de cada vez. Uma dica deixada pelo especialista é lembrar que você não precisa passar pelo processo sozinho. “O Brasil apresenta um excelente serviço disque saúde no número 136, com a opção para parar de fumar. Todo o suporte psicológico e terapêutico para cessar esta dependência química é providenciado sem qualquer custo”, aconselha. Agora, só depende de você.