Ter um sorriso bem branquinho é o desejo da maioria. Embora hoje em dia, devido aos avanços da odontologia, seja até mais fácil obter dentes brancos, não é todo mundo que consegue custear o tratamento e se comprometer com os cuidados necessários da higiene bucal. Por conta disso, para deixar seu sorriso branquinho, o mais natural possível, vale redobrar a atenção com a alimentação - visto que alguns alimentos têm a capacidade de escurecer o nosso sorriso - e dar maior atenção à sua saúde bucal, que é igualmente importante. Mas você sabe os motivos pelos quais seus dentes escurecem? O odontólogo e especialista em estética, Vinícius Barçal, esclarece. Confira!

Entenda quais as razões por trás do escurecimento dental

Entre as razões para o possível escurecimento dental, estão o envelhecimento dentário e as altas quantidades de pigmentação na dieta alimentar. Vinícius explica: “A descoloração dos dentes está, geralmente, associada ao processo de envelhecimento natural do dente e a fatores correlacionados com a pigmentação da dieta alimentar”. No primeiro caso, o odontologista explica que trata-se de um processo natural, e que todos nós estamos sujeitos a acontecer, principalmente em função dos traumas que os dentes vão sofrendo durante nossa vida.

Saiba o que pode ser feito para evitar o escurecimento do dente

Vinícius explica: “O dente é constituído de duas estruturas duras: dentina e esmalte. A dentina tem uma característica mais amarelada e o esmalte mais translúcido”. Durante o processo de envelhecimento fisiológico, o organismo deposita mais dentina dentro da câmara pulpar do dente, o que gera esse escurecimento natural. “Para retardar este processo, devemos ter em mente que é preciso diminuir os traumas que causamos aos nossos dentes, como trocas bruscas de temperatura na cavidade bucal, cáries, tabagismo, controlar o apertamento (bruxismo) e não ter hábitos parafuncionais (morder objetos, mastigar gelo, roer unhas, etc)”, esclarece o odontologista.

Os alimentos podem ser uma das razões para os dentes ficarem em tons mais escuros

Com relação ao escurecimento associado aos alimentos e bebidas que ingerimos, Vínicius esclarece: “Os pacientes que possuem uma dieta com alta concentração de alimentos cromogênicos, isto é, ricos em corantes naturais ou artificiais, como chocolates, café, chás, refrigerantes, beterraba, açaí, jamelão, molhos de tomate industrializados, sucos de uva, vinho tinto, indivíduos tabagistas, vão, consequentemente, apresentar um maior manchamento dos dentes”.

O que fazer com as manchas que ficaram?

É comum que as pessoas se perguntem o que fazer com as manchinhas que ainda restam nos dentes, e para estas, que são as chamadas manchas extrínsecas, Vinícius aconselha: “Podem ser removidas com uma boa higiene bucal”. No entanto, ele ressalta: “O amarelamento dos dentes pode ser revertido também, através de tratamentos como clareamento dental, por exemplo, ou com restaurações estéticas como as facetas de resina ou as de cerâmica.

Este artigo tem a contribuição do especialista: 
Vinícius Barçal - Odontólogo e Especialista em Estética
Rio de Janeiro - RJ
CRO-RJ: 3979-7