O mau hálito pode ter diferentes origens. Na maioria dos casos, ele provém da saburra lingual - acúmulo de placa bacteriana que se forma no fundo da língua por falta de uma higienização eficiente - e de doenças periodontais - problemas que acometem a gengiva. Em todo o caso, é necessário ficar atento para iniciar um tratamento adequado se for preciso. Contudo, mesmo que você não esteja passando por esses dois quadros, é possível que você note esse mau odor vindo da boca todas as manhãs ao acordar, e daí surja a dúvida: “se estou apenas dormindo, sem comer nada, por que acordo com mau hálito?”. O Sorrisologia convidou o dentista Maurício Duarte, especialista no assunto, para nos ajudar a entender este cenário.

Por que acordamos com mau hálito?

O mau hálito ao acordar pode ser provocado por dois motivos. A primeira causa é a de origem bucal, que ocorre durante o período de sono quando a salivação é diminuída. Enquanto dormimos acontece, inevitavelmente, uma descamação da mucosa bucal do excesso de células, em especial quando o paciente respira pela boca ou ronca. “Essas células se depositam na língua e entram em decomposição, liberando mau odor nesse processo”, explica o dentista. Dessa maneira, é formada a saburra (crosta) lingual, principal responsável pelo mau hálito.

A outra causa é a extrabucal, que acontece por conta do longo período sem comer. Durante o sono, o corpo entra em hipoglicemia, ou seja, ocorre uma baixa de glicose no sangue. Para restabelecer o nível, o organismo busca outra fonte interna de fabricação de energia. É utilizado então a gordura que, por sua vez, será transformada em glicose. “Só que nesse processo, parte da gordura metabolizada não é utilizada (acetona) e é eliminada por via pulmonar, alterando o odor do hálito” justifica o profissional.

Acordar com mau hálito pode ser algum problema com a saúde bucal?

O odontologista afirma que o mau hálito ao acordar, à princípio, não tem relação com algum distúrbio na saúde da boca. “Entretanto, esse é o único horário que podemos considerar normal ter mau hálito, pelas razões já explicadas”, ressalta Maurício. Se o paciente seguir as etapas corretas de uma higiene bucal após as refeições, inclusive fazendo a limpeza da língua, será o suficiente para que o mau hálito desapareça. Nos casos em que este não some, é sinal de que há algum problema na boca ou organismo que está provocando alteração no odor do hálito. Daí a recomendação é procurar um especialista para investigar a causa e recomendar o tratamento adequado.

Maneiras para prevenir o mau hálito ao acordar

O mau hálito possui diferentes causadores, podendo ser bucais ou extrabucais, como foi esclarecido previamente. No entanto, existem maneiras que podem contribuir para a diminuição desse cheirinho desagradável pelas manhãs. O mais importante é manter uma rotina de higiene bucal completa, abrangendo a escovação correta, uso do fio dental e limpeza da língua, utilizando limpadores específico ou costas de determinadas escovas de dente. Esses hábitos devem ser feitos após as refeições e, principalmente, antes de dormir.