Qual a definição de um sorriso perfeito? Para você pode ser aquele conjunto de dentes bem brancos, alinhados, como os de uma celebridade. Só que, pensando melhor, não precisa ser assim tão padronizado. Nas palavras de um especialista, esse significado já se torna bastante relativo. O profissional em Dentística Vinícius Barçal conta que um cartão de visitas exemplar é aquele que consegue aliar saúde de todos os dentes e gengiva de forma harmoniosa. Mas, acima de tudo, requer bem-estar pessoal. E para alcançar esse efeito é necessário uma mudança de hábitos.

A limpeza diária é a primeira aliada a saúde e beleza dos dentes

Não há dúvidas de que uma boa limpeza é a forma mais correta e econômica de estabelecer a saúde dos dentes. Logo, ela está relacionada diretamente com o sorriso perfeito. "Pacientes que realizam sua higiene bucal de forma adequada em casa e visitam periodicamente seu dentista, em geral, possuem um sorriso mais agradável, evitando amarelamento dos dentes, surgimento de doença cárie e periodontal, entre outras". Mas para isso, é preciso escovar os dentes, ao menos, três vezes por dia, durante 2 minutos, para cada ritual higiênico. Não deixe de incluir o fio dental e o enxaguante sem álcool.

Mude para melhor e abra mão do que te faz mal

Seus hábitos de vida refletem na saúde da sua boca. O principal exemplo disso é o tabagismo e o etilismo (conhecido como alcoolismo), que agravam severamente os riscos do desenvolvimento de várias doenças na cavidade oral. “Causam xerostomia, gerando halitose, cáries e periodontite”. O uso do tabaco e do álcool pode aumentar em mais de 100 vezes o risco do desenvolvimento de câncer de boca. “No Brasil, dos 14 mil casos de câncer de boca relatados por ano, 11 mil são provenientes do uso em excesso de tabaco e bebidas alcoólicas”.

De acordo com o especialista, os destilados são as piores bebidas em comparação com outros drinks mais fermentados. Já os tipos de tabaco, mais de 60 substâncias oncogênicas são relatadas. Por isso, o dentista alerta. “O consumo destas substâncias deve ser cada vez mais desencorajada pelos pacientes. Além disso o uso de tabaco diminui a longevidade de restaurações estéticas e do clareamento dental, pois pigmenta com maior rapidez tanto a estrutura dental, como restaurações de resina”.

Alimentação e o sorriso dos sonhos

O verdadeiro obstáculo da dieta de muita gente é fugir dos alimentos industrializados com corantes e ácidos em excesso. Os famosos molhos, refrigerantes e docinhos. Largar tudo de uma vez pode ser uma atitude brusca e até meio sofrida, né? Então a dica é fazer aos pouquinhos, cortando alguns alimentos e reduzindo o consumo de outros. Esse novo menu aliado a uma boa higiene bucal ajuda estabelecer um sorriso perfeito e cheio de saúde. E seu organismo também sai ganhando com isso.

O profissional conta que a sacarose, açúcar mais presente nos doces industrializados, é a fonte de energia preferida das bactérias que causam as cáries. “Os alimentos acidulados podem ajudar a reduzir o pH da cavidade bucal, o que também aumenta o risco da desmineralização dos dentes e estabelecimento da cárie e erosão dental. Já os alimentos com corantes artificiais ou naturais, provoca o amarelamento dos dentes”. Fuja desses vilões.

Visitar seu dentista regularmente: é preciso!

Além desses cuidados, o acompanhamento odontológico é mais do que indicado. “O cirurgião-dentista é preparado para diagnosticar e interceptar as doenças bucais o quanto antes, evitando o agravamento das mesmas”. Também é indicado conversar com o profissional de confiança para saber como deve acontecer a frequência dessas visitas. Cada paciente precisa ser acompanhado de uma forma diferente, com consultas anuais ou mensais.