Pular para o conteúdo principal
Logo Facebook Powered By Logo OralB
23.01.2017

Pensa em fazer bichectomia? Tire suas dúvidas sobre o procedimento com o antes e depois

Antes Depois
Se o tamanho das suas bochechas costuma te incomodar, a melhor solução pode ser a bichectomia. Você sabe tudo sobre o procedimento? O especialista Johnathan Marcondes esclarece

Expert

Johnathan Marcondes

Johnathan Marcondes

CRO-PA: 4456

Cirurgião-Dentista formado pela Unioeste ( Universidade Estadual do Oeste do Paraná) em 2005- pós graduado em lentes de contato dental e facetas de porcelana. Aplicação de toxina botulina (Botox), preenchimento facial com ácido hialurônico, cirurgia de Bichectomia. Prótese - Odontologia Estética - Odontologia Digital. Membro da SBOE - Sociedade Brasileira de Odontologia Estética. Membro da IFED- International Federation Esthetic Dentistry Proprietário da Clínica Top Dente.

Talvez, sorrir te traz um certo desconforto e nem é por causa dos seus dentes, mas das suas bochechas. O excesso do tecido pode deixar muita gente insatisfeita a ponto de afetar a autoestima. A boa notícia é que a Odontologia também tem solução para isso. Conhecida como bichectomia, a cirurgia caracteriza-se pela retirada das bolas de bichat, localizadas bem abaixo da maçã do rosto. Apesar de ser um procedimento bem seguro e super indicado pelos dentistas, muitas pessoas têm dúvidas sobre sua realização. O especialista Johnathan Marcondes esclarece todas as questões.

O procedimento é feito no consultório dentário?

Não é preciso sair da cadeira do dentista para fazer a bichectomia. A cirurgia é muito simples. Realizado no próprio consultório odontológico, o procedimento leva de 30 a 40 minutos, dependendo do profissional e da sua experiência. “A cirurgia é realizada através de uma anestesia local. Depois, é feito um pequeno corte de cada lado da bochecha, por dentro da boca, local que será removida a bola de bichat”. Por ser uma cirurgia interna, não é preciso se preocupar com cicatrizes.

O paciente sente dor durante a cirurgia?

Johnathan explica que o paciente não sente dor devido à anestesia. Em alguns casos específicos, o dentista pode recomendar uma medicação para o paciente ficar mais relaxado durante a cirurgia. “A maior parte dos pacientes não precisa de sedação, sendo assim ficam acordados durante todo o procedimento. Aqueles que preferem dormir, podemos fazer uso de medicamentos para este fim”.

O pós-operatório costuma ser tranquilo?

O especialista costuma comparar o pós-operatório da bichectomia com o da cirurgia de extração dos sisos. Neste período de recuperação, é importante que o paciente não faça exercícios físicos, mantenha uma alimentação pastosa e líquida e pratique uma boa higiene bucal. O maior incômodo nesta fase é o inchaço que ocorre na região. “Pode durar de dois a quatro dias, mas são usadas medicações e faixas de compressão para diminuir o desconforto”.

O resultado final pode ser visto logo após a cirurgia?

O resultado definitivo não é visto logo após a cirurgia, mas o paciente já nota uma diferença no volume das bochechas. Em média, o resultado final ocorre dentro de três meses. De uma maneira geral, a bichectomia é uma técnica segura, mas o paciente deve optar por um cirurgião dentista capacitado e habilitado. “Feito da maneira correta e o paciente seguindo todas as recomendações, será sempre um sucesso e com resultados excelentes”.

Mais Matérias: Bem Estar
Quais práticas esportivas precisam de protetor bucal?
Bem Estar
Quais práticas esportivas precisam de protetor bucal?
Se você tem o costume de praticar esportes, já deve ter ouvido falar sobre o protetor bucal . Como o próprio nome já indica, o equipamento é o grande responsável por preservar os seus dentes, protegendo-os de possíveis impactos durante algumas práticas esportivas. Ainda assim, é comum que...
Harmonização facial: como saber se preciso desse procedimento?
Bem Estar
Harmonização facial: como saber se preciso desse procedimento?
A harmonização facial tem se tornado um procedimento estético de muita procura, sendo o...
com a participação de:
Rhianna Barreto
CRO-RJ:37448
A higiene bucal pode afetar outras partes do corpo? Entenda!
Bem Estar
A higiene bucal pode afetar outras partes do corpo? Entenda!
Não é novidade que cuidar da higiene bucal é o primeiro passo para garantir a saúde e...
com a participação de:
Uila Ramos da Silva
CRO-PE 10.380
Endocardite: o que é, como tratar, quais as causas?
Bem Estar
Endocardite: o que é, como tratar, quais as causas?
A endocardite é uma doença inflamatória que pode atingir as estruturas internas do coração. Embora seja pouco conhecido entre os pacientes, o quadro é originado pela má higiene bucal e pode afetar significativamente a qualidade de vida do paciente, trazendo danos irreversíveis para o sistema...
Cuidados com aparelho dental fixo: 5 dicas para os primeiros dias de tratamento
Bem Estar
Cuidados com aparelho dental fixo: 5 dicas para os primeiros dias de tratamento
Não dá para negar: os primeiros dias usando aparelho ortodôntico são os mais difíceis do tratamento. Afinal, esse período tende a funcionar como uma fase de adaptação para todas as estruturas. Justamente por se tratar de uma novidade, é comum que os ferrinhos e os bráquetes do...
Como saber se sua enxaqueca tem ligação com problemas dentais?
Bem Estar
Como saber se sua enxaqueca tem ligação com problemas dentais?
Você tem lidado com crises constantes de enxaqueca ? É importante ligar o sinal de alerta, isso pode...
com a participação de:
Igor Puga
CRO-RJ 28418