Graças aos avanços da ortodontia, existem muitos tipos de aparelhos que ajudam a melhorar o posicionamento dos dentes. Além do tradicional composto por braquetes, ferrinhos e borrachas, também temos os mais simples e modernos, o modelo mais tecnológico é o alinhador, também chamado de aparelho invisível. Muita gente ainda tem dúvidas sobre os cuidados e higiene que devemos ter com esse utensílio. O Sorrisologia entrevistou o especialista em dentística Vinícius Barçal, que explicou o passo a passo de como realizar essa limpeza.

O que é um aparelho invisível e para que serve?

De acordo com o dentista, os alinhadores (aparelhos invisíveis) são aparelhos ortodônticos imperceptíveis, cômodos e muito eficazes. Eles conseguem solucionar alguns problemas presentes no sorriso, como: "Más oclusões dentárias, dentes mal posicionados, espaçamento entre os dentes. Entretanto, não é capaz de resolver todos os problemas de más oclusões dentárias que um aparelho ortodôntico fixo convencional pode realizar", esclareceu.

Os benefícios do aparelho invisível

- Não causa dor ou desconforto;

- Não possui fios ou pontas;

- Em alguns casos específicos, pode trazer um resultado mais rápido;

- Não muda o visual do seu sorriso;

Além do fator estético, outra grande vantagem dos alinhadores é que eles são removíveis, facilitando a higienização do aparelho, assim como a escovação dos dentes e o uso do fio dental.

Como limpar o aparelho invisível?

A higienização do aparelho é fundamental, para evitar que se forme acúmulo de placa bacteriana e, consequentemente, o surgimento de outros problemas dentais. Para isso, o dentista Vinícius indica duas formas de realizar uma boa higienização dos aparelhos do tipo alinhadores estéticos:

1ª) A primeira e mais simples, é através de escovação. "Remova o aparelho da boca, faça a higiene dos seus dentes, em seguida escove o aparelho e lave com água corrente, antes de colocá-lo novamente", detalhou. No entanto, nunca use pastas de dente para escovar o seu aparelho, elas são abrasivas e podem danificá-lo, criando micro poros onde as bactérias se instalam.

2ª) Outra forma de higienizar é utilizando um aparelho ultrassônico. "A cuba ultrassônica deve ser enchida com água limpa e as ondas emitidas através do líquido farão a remoção de todos os resíduos dos aparelhos", indicou.

Vale ressaltar que para ambas as técnicas, não se deve utilizar água quente, o calor pode amolecer e destorcer o plástico de que é feito o aparelho, opte sempre por água a temperatura ambiente.

Como não é indicado fazer refeições utilizando os aparelhos, a limpeza dos mesmos pode ser feita 1 vez ao dia. Porém se por distração comer ou beber algo com o aparelho, limpe-o imediatamente.

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Vinícius Barçal - Odontólogo e Especialista em Estética
Rio de Janeiro - RJ
CRO-RJ: 3979-7