Você sabia que a mastigação pode afetar diretamente a sua saúde bucal? Quando praticamos este hábito de maneira correta é possível afastar alguns problemas bucais, como o mau hálito. Agora, quando usamos apenas um lado da arcada para mastigar, significa um grande risco para o nosso sorriso. A mastigação unilateral, como é chamada, pode causar muitas complicações nos músculos e ossos da face. Para descobrir os perigos desse costume entrevistamos a dentista Heloísa Crisóstomo.

O que acontece na nossa boca?

De acordo com a odontologista, uma mastigação unilateral causa sobrecarga na estrutura do dente, no osso e músculos da face, podendo provocar muitas dores musculares e esqueléticas na região. “Mastigar de maneira errada pode acabar sobrecarregando mais um grupo específico de dentes ou apenas um individualmente”, diz. A causa disso tudo pode ser a perda dentária. Quando existe ausência dental, a pessoa tende a usar somente o lado da arcada que possui mais dentes e isso, consequentemente, acaba forçando mais a musculatura de um lado.

Identificando o erro

Normalmente, quem tende a mastigar apenas de um lado não percebe o problema logo no início. Para a pessoa, esse é um hábito normal e inofensivo. Porém, mesmo sem sentir nenhuma dor ou incômodo nos músculos e ossos do rosto, é importante reparar nos movimentos da boca. Faça o teste: masque um chiclete, de preferência sem açúcar, e observe se você vai usar os dois lados da arcada. Se utilizar apenas um, procure seu dentista para ter um diagnóstico preciso do problema.

A mastigação ideal

A mastigação certa é a bilateral, em que usamos os dois lados da arcada. Heloísa explica como deve ser feita. “O alimento é jogado de um lado para o outro da boca, trabalhando a musculatura facial igualmente”. Outro ponto essencial para que esse processo seja feito da melhor forma possível é que o paciente tenha todos os dentes em ótimo estado de saúde. Caso você tenha perdido um dente recentemente, a reposição dentária é primordial para acabar com o mau hábito.

Como o problema pode ser tratado?

O cenário mais comum da mastigação unilateral é devido a falta de um ou mais dentes. Neste caso, o paciente deve ser reabilitado para ter de volta a estabilidade de mordida. “As ausências dentárias podem ser corrigidas com próteses fixas ou removíveis”, afirma a especialista. Agora, para aqueles que possuem todos os dentes, boa saúde bucal e, mesmo assim, mastigam de uma maneira errada, precisam passar por uma avaliação com seu dentista. “Em alguns casos é somente questão de hábito adquirido pelo paciente. O mesmo deve ser monitorado para lembrar da mastigação bilateral”, conclui.