A saúde deve ser uma das maiores preocupações de cada pessoa. Estar atento à funcionalidade do seu corpo e ser capaz de detectar quando algo não vai bem é de extrema importância para diagnósticos precoces e tratamento adequado com mais chances de sucesso. Com a saúde bucal não é diferente. E a odontologia é a área que ajuda com esse cuidados. Você já deve estar cansado de ouvir que “prevenir é melhor do que remediar”. Conversamos com o dentista Rafael Landim que veio mostrar por que essa frase é tão verdadeira. Conheça mais sobre a Odontologia preventiva.

O que é a Odontologia preventiva?

Ter o sorriso sempre impecável exige atenção e comprometimento. Para além da estética, é preciso cuidar de toda a estrutura bucal, incluindo gengiva e língua, por exemplo. E, para isso, você pode contar com a ajuda dessa odontologia preventiva. “É a área da odontologia que tem como objetivo a manutenção da saúde e a prevenção das doenças orais”, explica o Rafael. Além disso, a atuação da odontologia preventiva conta com medidas simples de cuidados. Com essa ajuda, é possível evitar que algumas doenças bucais apareçam, o que contribui para o tratamento prévio. “Através do acompanhamento periódico com o profissional dentista, a odontologia preventiva consegue evitar problemas futuros ou identificá-los em estágio inicial”, destaca ele.

Qual é a importância da odontologia na vida das pessoas?

A cavidade bucal é uma parte de suma importância para o seu corpo como um todo. Por isso, você deve ter os cuidados ideais com ela. E a odontologia é sua grande ajuda nessa tarefa. “A saúde bucal tem influência direta na qualidade de vida das pessoas, desde problemas que acarretam diminuição do paladar, estética, mastigação, fonação e até o impacto causado por desconforto ou por dor”, ressalta o profissional.

A perda de dentes, por exemplo, resulta em problemas de limitação na mastigação e, por sua vez, afeta diretamente o processo de digestão. “Os alimentos que não são processados corretamente resultam em uma digestão insatisfatória, além de restringir a ingestão de vitaminas”, comenta ele. Assim, percebemos como tudo está interligado no nosso corpo. “Por todos esses motivos, a odontologia deve ser presente na vida das pessoas”, completa o dentista.

Como é feito o atendimento da odontologia preventiva?

O profissional da área tem como objetivo auxiliar o paciente na higienização oral. “Nesta consulta preventiva, o dentista vai orientar sobre os cuidados diários com a escovação, uso de fio dental e enxaguante bucal para que o paciente possa manter a sua saúde oral em casa até o seu próximo retorno ao dentista”, ressalta ele. Ele ainda pedirá exames radiográficos e realizará a profilaxia dentária. “Esta, nada mais é do que o processo de limpeza e conservação dos dentes para evitar problemas futuros”, explica o profissional. Assim, além de auxiliar na prevenção, a odontologia preventiva também permite manter os dentes e gengivas saudáveis.