Os dentistas batem sempre na mesma tecla: é preciso cuidar da saúde bucal. As recomendações variam de visitar um consultório dentário de seis em seis meses a higienizar a boca sempre após as refeições. O fato é que tratar dos dentes é ainda visto por muitos como algo sem lá muita importância. Porém, estar com o sorriso em dia é estar saudável de forma integral também. O dentista Johnathan Marcondes explica porquê a saúde bucal não pode ser vista à parte da saúde geral.

Dente saudável, corpo saudável

Pensar a saúde bucal como parte integrante do corpo humano parece óbvio, mas não funciona bem na prática para muitas pessoas. O profissional afirma que muitos acreditam que problemas bucais são somente questões simples, e por isso, não surtem efeitos fora da cavidade oral. “Esse pensamento é totalmente equivocado”, contesta.

Johnathan lista uma série de problemas bucais que afetam diretamente o restante do corpo, como doenças gengivais que estão relacionadas a partos prematuros e infecções dentais que podem levar a endocardite bacteriana - quadro que se agrava em pacientes cardíacos ou portadores de válvulas cardíacas, podendo levar à morte. E também, em outros estudos, foi comprovado que a presença de cárie dental está ligada a lesões musculares frequentes em atletas. “E você ainda acha que a saúde bucal não interfere na saúde geral das pessoas?”, levanta a discussão.

Cuidar dos dentes é cuidar da saúde

Pessoas que cuidam da saúde bucal tendem a ter uma saúde geral melhor, segundo o profissional. Ele dá alguns exemplos. Quando a saúde bucal está em dia, a alimentação passa a ser melhor. Já pacientes que corrigem problemas na posição dos dentes ou na mordida, não terão mais alguns desconfortos como dores de cabeça e na região dos ombos e pescoço. Além disso, pessoas com dentes bem cuidados e com um sorriso bonito geralmente são mais sociáveis.

Conscientização é essencial para a melhora da saúde bucal

“A partir do momento em que as pessoas se conscientizarem que a saúde bucal e a saúde geral andam juntas, vão começar a se preocupar mais em ter cuidados com os seus dentes e a cavidade bucal em geral”. O papel do dentista é fundamental nesse processo para mostrar cada vez mais aos pacientes a importância da relação entre as duas.

Visitar seu dentista ajuda em diagnósticos precoces

Os benefícios de cuidar da saúde bucal para a saúde geral não acabam por aí. Johnathan afirma que muitas doenças em estágio iniciais podem ser descobertas em uma simples consulta odontológica de rotina, como o câncer bucal, bruxismo, sinais de desgaste dental devido a doenças como bulimia, entre outras. “Desta maneira, nós, dentistas, devemos ver o paciente como um todo”. Ficou claro como a odontologia pode salvar uma vida, né? Por isso, agregar mais cuidados e atenção para com a saúde bucal no seu dia a dia só tende a melhorar - e muito - a sua qualidade de vida de forma geral.