O consultório da odontopediatria é o espaço em que odontologia e pediatria se juntam! Se você tem filhos, certamente já os levou a uma consulta com esse profissional. Lá, é possível ver quais cuidados e prevenções podem ser feitos com a saúde bucal do pequeno. Mas as funções desse especialista vão muito além disso. Será que você conhece tudo sobre essa especialidade? O profissional dessa área não só ajuda a tirar as dúvidas sobre a troca dos dentes de leite e como realizar a escovação correta, mas pode fazer um acompanhamento muito mais profundo, inclusive antes mesmo do nascimento da criança. Você sabia disso? Convidamos a expert e odontopediatra, Camila Almeida, para falar mais sobre o assunto.

A odontopediatria agrega várias idades

Engana-se quem pensa que a odontopediatria cuida apenas da saúde bucal infantil. Apesar de ser o foco da área, não podemos esquecer que, antes de se tornar especialista, o dentista estuda todos os campos da odontologia quando se forma cirurgião. Por isso, o profissional consegue atender pacientes de outras idades. “Não vejo necessidade, por exemplo, de um adolescente migrar para outro dentista. Odontopediatras estudam o desenvolvimento bucal desde a barriga da mãe”, explica Camila. Eles também são capazes de acompanhar as mudanças que acontecem ao longo dos anos, tanto fisiológicas quanto emocionais, sendo o profissional mais capacitado para atender essa faixa etária.

Quando começa as consultas com o odontopediatra? 

A odontopediatra acredita que todo o tratamento da saúde bucal precisa começar quando a criança ainda está na barriga da mãe. “Defendo muito a importância do pré-natal odontológico em que a gestante vai cuidar da sua saúde bucal, se informar sobre as mudanças que podem acontecer na sua boca e aprender como cuidar da higiene do seu bebê”, comenta.

Quando não há esse acompanhamento, é importante que a primeira consulta aconteça antes dos seis meses de idade, para que os pais possam receber toda orientação a tempo de colocá-la em prática. “Como a criança está em constante desenvolvimento, sugiro uma revisão a cada 6 meses ou no máximo 1 ano para avaliarmos de perto os problemas pertinentes de cada momento e intervir na hora certa”, atenta. Por isso, não deixe de levar seu pequeno e garanta desde cedo o sorriso dele!

A odontopediatria é o futuro do sorriso

A infância é uma fase muito importante da vida e que precisa de atenção em todos os sentidos, até mesmo na saúde bucal. Na verdade, acompanhar a saúde bucal do pequeno desde cedo pode ajudar na hora de controlar futuros problemas. A odontopediatria tem um grande valor nessa missão. “Acompanhamos de perto o crescimento das crianças e podemos ajudá-las a criar e manter bons hábitos , desmistificando a ideia de que o dentista é uma coisa assustadora e contribuindo assim para adultos mais conscientes”, finaliza.

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Camila de Almeida Araujo - Especialista em Odontopediatria e Odontologia para Bebês e Gestantes
Rio de Janeiro - RJ
CRO-RJ: 25804