Poucas pessoas sabem, mas um dente pode ser considerado morto mesmo ainda estando na sua boca. Você começa a perceber alguns sintomas, até que finalmente decide ir ao dentista e ele declara: “seu dente morreu”. E agora, o que fazer nesse momento? Por mais que possa parecer uma situação intimidante, existe uma solução para esse problema. O odontologista Cláudio de Sá Rêgo Fortes conversou com o Sorrisologia sobre o assunto!

O que é um dente morto?

Dizer que o dente está morto pode parecer um pouco assustador. Mas afinal, o que isso quer dizer? “Dente morto é aquele que não tem vitalidade pulpar, que é vulgarmente chamado de nervo”, explica o odontologista. Ou seja, é o que ocorre quando o dente está com o "nervo morto". Essa situação pode decorrer de outros problemas bucais, mas não se desespere! Existem formas de reverter o problema, desde que seja identificado corretamente.

Saiba o que pode levar a morte do seu dente

Quando o seu dentista alerta para a importância de uma alimentação bem equilibrada e uma boa higiene bucal não é à toa. A cárie é uma doença séria, e quando ela aparece deve ser tratada o mais rápido possível, com procedimentos que irão depender do grau de evolução, podendo incluir restauração ou porcelanas. Caso esse tratamento não ocorra, muitas podem ser as consequências, e a perda de vitalidade pulpar é uma delas. Além disso, outra causa comum para o dente morto é o trauma, que costuma ocorrer devido a acidentes do dia a dia.

Dente escuro e dolorido podem ser indicadores

Quando esse quadro ocorre, alguns sinais vão surgir, possibilitando que ele seja identificado. Normalmente, quando o nervo do dente fica morto, existe um escurecimento do dente que está sofrendo esse problema. “Mas esse elemento também pode ficar dolorido ao toque e até mesmo surgir uma fístula na gengiva na direção do dente”, explica Claudio. Nesse segundo caso, ocorre também a saída de pus.

No entanto, esses sinais podem confundir e trazer a suspeita de outras doenças. Por isso, é importante procurar um profissional capacitado sempre que surgirem sintomas diferentes. Ele poderá avaliar a situação com um exame clínico, ou requisitar outros exames caso seja necessário. Dessa forma, o tratamento poderá ser realizado o mais rápido possível, evitando que surjam mais problemas.

Como um dente considerado morto é tratado?

Nesse caso pode ser necessário fazer um tratamento endodôntico, ou seja, tratamento de canal. “Além disso, é preciso fazer a restauração ou até mesmo fazer uma capa, um procedimento chamado de jaqueta, em função da estética”, afirma ele.