Pular para o conteúdo principal
Logo Facebook Powered By Logo OralB
13.07.2017

O que explica uma dor de dente muito forte enquanto outras são mais brandas?

Expert

Lilian Lessa França

Lilian Lessa França

CRO-RJ: 39193

Graduada em Odontologia (UERJ, 2011) Especialista em Dentística (UERJ 2014) Especialista em Saúde da Família (UnaSUS/UERJ-2015)

Tudo começou com uma dor bem moderada. Você sentia aquele pequeno incômodo às vezes, mas não era nada demais, tanto que era possível seguir com a sua rotina normalmente. Com o tempo, o desconforto que apresentava-se pequeno, cresceu e se tornou algo muito doloroso. Qual é o significado desses incômodos de diferentes estágios? Só um dentista é capaz de esclarecer o assunto. Pensando nisso, convidamos a especialista em Dentística Lilian Lessa. Veja o que quer dizer a sua dor de dente.

O que significa uma dor de dente muito forte?

Uma dor de dente pode ter diversos significados. Entre eles uma cárie, problemas na polpa, mais conhecido como o nervo do dente, e na gengiva. Podendo até chegar a uma sensibilidade, desgaste do esmalte, abscessos, bruxismo, lesão ou infecção dental e problemas da articulação temporomandibular. De fato, existem muitos fatores. Mas a dentista esclarece que quando esse incômodo se torna algo intenso e insuportável, existe um significado. “Uma dor de dente muito forte, espontânea, contínua, que não passa com o uso de analgésicos, quase sempre está relacionada a um dente que precisará fazer tratamento de canal”, afirma.

E as dores mais brandas?

Já as dores mais brandas, geralmente, estão relacionadas a outros problemas bucais. Dentre as causas, a especialista destaca uma possível pulpite, que é a inflamação da polpa do dente, reversível. “No caso de pulpite reversível, o dente está com cárie, mas ainda não é necessário realizar um tratamento de canal. Nesse caso a dor é rápida, aguda e provocada por um estímulo”, diz. O desconforto passa assim que o motivo da dor é interrompido. Por exemplo, o dente só dói quando entra em contato com líquidos ou alimentos. O tratamento mais apropriado consiste na remoção da lesão cariosa e na restauração do elemento dentário afetado.

O que o paciente precisa fazer para tratar as dores?

O ideal é sempre consultar um dentista para avaliar a causa de tanto desconforto. O profissional realizará exames clínico e radiográfico, além de uma anamnese detalhada com intuito de verificar a história da dor. Ou seja, o odontologista vai querer saber sobre o surgimento e evolução do incômodo. Algumas perguntas serão feitas: quando, como e onde apareceu? Aumentou ou diminuiu? A freqüência da dor é contínua ou intermitente?. “Por vezes, o paciente relata que o dente já doeu há algum tempo, permaneceu assintomático por um período e, atualmente está doendo de novo. Pode relatar também que, após troca da restauração, o dente passou a doer”, esclarece Lilian.

O especialista também ficará curioso sobre o uso dos analgésicos, se os medicamentos amenizaram ou não a dor, e vai analisar a "sede" do incômodo para descobrir se trata-se de uma dor irradiada, difusa, mal localizada (quando o paciente tem dúvidas) ou localizada. "Diante de todas essas informações e do exame clínico, o dentista vai conseguir chegar a um diagnóstico adequado e traçar o plano de tratamento mais indicado para o caso", finaliza.

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Lilian Lessa França - Especialista em Dentística
Rio de Janeiro - RJ
CRO-RJ: 39193

Mais Matérias: Dor de Dente
Dente mole e doendo: confira 5 motivos por trás desse incômodo
Dor de Dente
Dente mole e doendo: confira 5 motivos por trás desse incômodo
Engana-se quem pensa que o dente mole é um problema que surge apenas na infância. Na verdade, o quadro também pode atingir adultos e idosos e, muitas das vezes, é um sinal de que algo não vai bem com a sua saúde bucal. Além de não ser agradável nada agradável, os dentes moles e doendo...
Sinusite pode causar dor de dente e o sintoma agrava no inverno - saiba como amenizar o incômodo!
Dor de Dente
Sinusite pode causar dor de dente e o sintoma agrava no inverno - saiba como amenizar o...
Que o clima frio e as baixas temperaturas podem afetar a saúde bucal não é novidade para...
com a participação de:
Uila Ramos da Silva
CRO-PE 10.380
Dor de dente, boca seca: 5 problemas bucais comuns durante o inverno
Dor de Dente
Dor de dente, boca seca: 5 problemas bucais comuns durante o inverno
O clima frio e seco são os primeiros anúncios da chegada do inverno. Além de ser a estação mais preguiçosa do ano, a temporada também é famosa por várias queixas dos pacientes odontológicos. Não é à toa que você costuma reclamar de dor de dente que antes...
Bruxismo pode causar pulpite: você sabe o que é esse problema bucal? Saiba como prevenir!
Dor de Dente
Bruxismo pode causar pulpite: você sabe o que é esse problema bucal? Saiba como prevenir!
Você provavelmente já deve ter ouvido falar sobre o bruxismo , certo? O distúrbio causado pelo hábito de ranger ou esfregar os dentes é mais comum do que se imagina e pode afetar significativamente a qualidade de vida dos pacientes. Isso porque a doença pode causar novas complicações ao seu sorriso,...
DTM pode causar dor de dente? Como tratar esse distúrbio?
Dor de Dente
DTM pode causar dor de dente? Como tratar esse distúrbio?
Muitas coisas podem causar uma incômoda e insistente dor de dente . Além de uma cárie ou aquela...
com a participação de:
Diego Limoeiro
CRO-RJ: 31146
Dor de dente: o que é? Quais são as causas? Como tratar esse problema?
Dor de Dente
Dor de dente: o que é? Quais são as causas? Como tratar esse problema?
Ter uma dor de dente pode ser algo comum entre muitas pessoas, mas não é normal. Esse incômodo significa que alguma coisa no seu sorriso não vai bem e que precisa ser tratada o quando antes para evitar problemas maiores, como uma perda dentária. Mas, afinal de contas, o que pode causar uma dor de dente? O Sorrisologia...