Além de ser uma elemento da tabela periódica, muito se fala do poder do flúor sobre os dentes. Você deve se lembrar daquelas ações e campanhas de saúde para aplicação de fluoreto nas crianças, não é? Esse componente químico está amplamente presente na natureza e até em alguns alimentos. Afinal, para que serve o uso dessa substância na sua saúde bucal? O dentista Flávio Luposeli contou como funciona a utilização do flúor para seus dentes ficarem mais saudáveis e atraentes.

O flúor tem efeito branqueador?

Não, infelizmente o flúor não é clareador. A sua função nos adultos se resume a ser bactericida e bacteriostático, isto é, matar bactérias e impedir a multiplicação das mesmas. Já nas crianças, na fase em que os dentinhos ainda estão se formando, o flúor também é bastante útil. "Ele incorpora no esmalte dos dentes permanentes, formando um tecido mais resistente aos ataques dos ácidos bacterianos, desde que nas doses corretas", explica Flávio.

Ação do flúor nos dentes

A ação da substância nos dentes ainda em fase de formação é com o objetivo de deixá-los mais resistentes às bactérias. "Ele se incorpora aos cristais de hidroxiapatita do esmalte, formando a fuorapatita, mais resistente aos ácidos bacterianos", explica o dentista. O benefício do uso do flúor nos dentes permanentes já erupcionados é também dificultar a proliferação dessas bactérias pela boca.

Aplicação do flúor

Durante a fase de formação dos dentes permanentes, o flúor pode ser ingerido a partir de prescrição médica. A substância pode ser consumida também topicamente, em aplicações diretas controladas pelo dentista ou até mesmo através dos cremes dentais que contenha o elemento químico.

Desde 1945 há lugares em que existe a fluoretação das águas de abastecimento público como forma eficaz de prevenção e controle da cárie dentária. Porém, o dentista alerta para o uso de flúor nas crianças pequenas nos casos em que existe esse sistema de flouretação. "Se a criança ingerir pasta com flúor, poderá ter problemas pelo excesso de substância, prejudicando a saúde e a formação dos dentes permanentes". O fluoreto é bom quando usado na dose certa, por isso o dentista deve sempre ser consultado antes de qualquer procedimento.

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Flávio Luposeli - Especialista em Dentística
São Paulo - SP
CRO-SP:60866