A escola constrói boa parte da história de uma pessoa. É um dos primeiros locais que ficamos sem os pais por perto, fazemos novas amizades e adquirimos conhecimento. Por ser um momento que também cria sua independência, é de suma importância orientar o pequeno sobre os cuidados que ele deve seguir nesse tempo fora de casa. Para ajudar nessas tarefas, a presença do professor é essencial. Com a chegada do Dia do Professor, o Sorrisologia conversou com a dentista Beatriz Bussab sobre o papel da escola na educação bucal das crianças.

O aprendizado sobre saúde bucal

Assim como ressalta a profissional, a escola tem um papel relevante no que se refere aos cuidados com a saúde bucal infantil. “A introdução sobre como proceder em relação ao assunto nos primeiros anos de vida escolar é justificada pelo fato de as crianças estarem em período de descobertas e em fase de aprendizagem”, explica ela. Além de outros conhecimentos do grande universo que aprendemos nessa época, como as matérias tradicionais, os pequenos também devem receber as informações e práticas sobre a higiene bucal correta.

Como a escola pode atuar na educação sobre saúde e higiene bucal?

Pensar no kit escolar é logo relacionar ao estojo, lápis, borracha e tantos outros itens usados em sala de aula. No entanto, para além da presença desses elementos na mochila do seu filho, não pode faltar o kit de higiene bucal. Para utilizá-lo corretamente nesse momento fora de casa, os profissionais no colégio podem ajudar. Vale destacar como é importante ensinar, nessa etapa da vida infantil, o uso do fio dental e escovação. “A escola tem o papel fundamental e pode contribuir promovendo palestras educativas com cirurgiões-dentistas ou odontopediatras e também estimular a higienização bucal logo após os lanchinhos”, indica Beatriz.

A família é a base desses ensinamentos

De acordo com a dentista, tanto a família como o odontopediatra são essenciais durante a infância, especialmente devido seus papéis determinantes nos ensinamentos. “Nesta etapa de vida da criança, os familiares devem incentivar a higienização bucal depois das refeições e antes de dormir para fortalecer a relevância do cuidado com a saúde bucal”, orienta. É de suma relevância entender que a prevenção é primordial para a saúde bucal infantil estar em dia. “Se torna ainda mais determinante quando as orientações são direcionadas para crianças”, completa a odontologista. Para atrair a atenção do pequeno para esse momento, você pode combinar a hora da escovação para que façam juntos, além de realizá-la em si para que ele veja como é e imitar. Outra dica é utilizar as ferramentas ideias para a higiene bucal infantil, existem diversas opções de escovas e creme dentais com personagens e cores para animar a limpeza. E ainda, com o avanço da tecnologia, pode contar com a ajuda de aplicativos para esse momento.

Por isso, esses cuidados são o foco da atuação da odontologia atualmente. Além de trabalhar com a prevenção em todos os pacientes, os pequenos devem compreender desde cedo a importância de seguir os cuidados com a saúde bucal, e como isto afeta seu desenvolvimento e vida adulta.

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Beatriz Bussab - Cirurgiã-dentista
Osasco - SP
CRO-SP 125369