Pular para o conteúdo principal
Logo Facebook Powered By Logo OralB

O enxaguante pode ajudar a combater doenças bucais?

  Você sabia que além de deixar o hálito mais refrescante, o enxaguante bucal também pode ser importante para combater doenças bucais?
Você sabia que além de deixar o hálito mais refrescante, o enxaguante bucal também pode ser importante para combater doenças bucais?

Expert

Katyuscia Lurentt

Katyuscia Lurentt

CRO-RJ: 31787

Especializada no tratamento de malformações da face e cirurgia ortognática, é pós-graduada em cirurgia bucomaxilar pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Atuou como professora de Cirurgia Oral na UFRJ e é membro do Serviço de Cirurgia Bucomaxilofacial do Hospital Adventista Silvestre, além de vice-presidente da ONG Nova Chance, em Duque de Caxias, Rio de Janeiro. Fez parte da equipe fixa do Guyana Adventist Hospital, Guyana, pelo período de um ano. Hoje, participa de projetos sociais no Rio de Janeiro.

A sensação de hálito fresco é, sem dúvida, um dos grandes benefícios do uso do enxaguante bucal. Mas se engana quem pensa o produto limita-se até aí. Além de atuar na limpeza dessa região, ele também ajuda a combater doenças bucais, como remoção da temida placa bacteriana. Só não vale substituir a escovação pelo uso do enxaguante! A limpeza deve ser sempre completa. Saiba mais com a dentista Katyuscia Lurentt.

Qual é a função do enxaguante bucal?

O enxaguante bucal funciona como um complemento à higienização mecânica, aquela feita com a escova de dentes e o uso do fio dental. “Eles não substituem o uso da escova, do creme dental, do fio dental e nem dos higienizadores de língua”, esclarece a profissional. Para usá-lo, é recomendado se consultar com um dentista e pedir indicação. “Ele também será capaz de recomendar a frequência de uso do produto”, diz ela.

O uso do enxaguante bucal pode favorecer sua saúde bucal

O enxaguante bucal ajuda a eliminar as placas bacterianas, que são causadoras de problemas bucais como a gengivite e a cárie. “Usado à noite, por exemplo, age enquanto o paciente dorme, complementando a limpeza da boca, combatendo a placa e reduzindo as bactérias que causam a gengivite”, esclarece Katyuscia. “Vale ressaltar que a opção com álcool deve ser evitada”, afirma ela. Isso acontece pois em uso contínuo, o uso desse tipo de enxaguante pode provocar o ressecamento da mucosa bucal, descamação dos tecidos moles e até mesmo a diminuição da produção de saliva. A dentista ainda reforça que o uso do enxaguante só deve ser feito sob a prescrição de acompanhamento de um profissional.

Quando o enxaguante bucal é indicado para ajudar no tratamento?

Além de ser usado para complementar a limpeza diária, o enxaguante bucal pode também ajudar a combater doenças bucais. “Ele pode ser indicado para casos de pacientes com risco de cárie, gengivite, halitose de origem bucal e após cirurgia”, afirma ela. Além disso, ele também pode ajudar a reduzir o mau hálito pela manhã, no entanto não resolve totalmente esse problema. “Eles mascaram a halitose por um tempo, porém, quem tem essa condição, deve buscar um dentista para identificar a causa real do problema”, recomenda.

Cuidado para utilizar o enxaguante da forma correta

No momento da higiene bucal, primeiramente capriche no uso do fio dental e na escovação. Depois disso, chegou a hora de finalizar com o enxaguante. Geralmente, ele vem com um copo medidor, que deve ser usado para calcular a quantidade necessária. Faça um bochecho de aproximadamente 30 segundos, e depois cuspa na pia. Cuidado para não engolir! Além disso, não limpe a boca com água após o uso do enxaguante, isso pode reduzir seu efeito.

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Katyuscia Lurentt - Especializada em malformações da face e cirurgia ortognática e pós-graduada em cirurgia bucomaxilar
Rio de Janeiro - RJ
CRO-RJ: 31787

Mais Matérias: Produtos de Higiene Bucal
Posso usar enxaguante bucal com antibiótico todo dia?
Produtos de Higiene Bucal
Posso usar enxaguante bucal com antibiótico todo dia?
Quando o assunto é cuidar da sua higiene bucal , é importante saber muito bem quando cada produto...
com a participação de:
Ana Elisa da Silva
CRORS 13490
Limpador de língua: qualquer pessoa pode usar? Entenda!
Produtos de Higiene Bucal
Limpador de língua: qualquer pessoa pode usar? Entenda!
Existem diversos acessórios que podem facilitar a vida de quem possui dúvidas sobre como limpar a...
com a participação de:
Vivian Marques
CRO-RJ: 50874
Pasta de dente: qual a quantidade ideal para utilizar durante a higiene bucal infantil?
Produtos de Higiene Bucal
Pasta de dente: qual a quantidade ideal para utilizar durante a higiene bucal infantil?
Escolher uma boa pasta de dente é também uma forma de preservar a saúde bucal infantil....
com a participação de:
Joaquina Santos Diniz
CROSP 115.367
A escova interdental é obrigatória para quem usa aparelho fixo?
Produtos de Higiene Bucal
A escova interdental é obrigatória para quem usa aparelho fixo?
Você já ouviu falar na escova interdental ? Conhecida por promover uma higiene bucal mais eficaz, o acessório possui a função de limpar os espaços entre os dentes em que a escova e o fio dental não são capazes de alcançar. Justamente por isso, ela é bastante recomendada para pacientes...
Escova interdental: preciso trocar? Saiba mais sobre os cuidados com esse produto de higiene bucal
Produtos de Higiene Bucal
Escova interdental: preciso trocar? Saiba mais sobre os cuidados com esse produto de higiene bucal
Todo mundo sabe que para ter dentes saudáveis, é preciso manter uma rotina de higiene bucal completa : não só a escovação, mas também o uso do fio dental e do antisséptico bucal. Porém, muitas vezes, esses itens não são suficientes e é preciso lançar mão de...
Pasta de dente para gengivite: qual é o melhor produto para tratar a inflamação na gengiva?
Produtos de Higiene Bucal
Pasta de dente para gengivite: qual é o melhor produto para tratar a inflamação na gengiva?
Só quem já sofreu com a gengivite sabe o quanto ela pode ser incômoda. Caracterizada por uma inflamação primária na gengiva, ela pode evoluir rapidamente para uma periodontite, infecção de maior gravidade , se não for tratada a tempo. Para cuidar da gengivite, a higiene bucal pode e deve...