O clareamento dental é um dos procedimentos mais procurados nos consultórios dos dentistas. Entretanto, é sabido que, para fazer o tratamento, é preciso seguir alguns cuidados, especialmente para contornar ou diminuir a sensibilidade dentária, possível de surgir em alguns pacientes após a técnica. Isto acontece devido a atuação do gel clareador, que provoca a abertura dos poros do esmalte dental, aumentando a vulnerabilidade do sorriso. Mas, é verdade que o chiclete pode ser uma opção de ajuda nesse caso? A dentista Beatriz Bussab explicou se a goma de mascar é um aliado contra a sensibilidade dentária.

Mascar chiclete pode trazer benefícios para a saúde bucal?

Desde pequenos, somos ensinados sobre os perigos do consumo em excesso das amadas guloseimas, principalmente devido o possível aparecimento da cárie dentária. Nessa lista de delícias, podemos destacar os chicletes. No entanto, diferente do que muitos pacientes pensam, a goma de mascar de determinado tipo pode sim beneficiar a sua cavidade bucal. “Chicletes sem açúcar podem limpar a superfície do dente, alguns estudos mostram que mascar chiclete por 20 minutos depois da refeição pode ajudar a prevenir a cárie dentária”, esclarece a profissional. Mas, assim como Beatriz destaca, nada substitui a escovação correta e uso do fio dental, que são constituem a higiene ideal para deixá-lo protegido contra problemas bucais.

O chiclete pode aliviar sintomas da sensibilidade dentária

De acordo com a explicação da odontologista, a possibilidade de sensibilidade dentária após o clareamento acontece devido à ação química do procedimento, que desidrata o dente. Por isso, os pacientes são indicados a seguir determinados cuidados, tanto prévios como posteriores ao tratamento clareador. Nesse momento, como afirma a dentista, a goma de mascar pode sim contribuir e aliviar a sensibilidade dos dentes.

“Mascar chiclete promove um fluxo salivar maior, consequentemente, hidratando os dentes, melhorando este quadro de sensibilidade”, comenta ela. Vale lembrar que a opção de chiclete escolhida deve ser uma que não contenha açúcar em sua composição, para ser consumido sem preocupação. Pois, se por um lado a goma com açúcar pode ajudar a evitar a sensibilidade, por outro possibilita outro problema bucal. “Chicletes com açúcar proporcionam mais chances à cárie dentária”, destaca.

Por outro lado, mascar chiclete pode ser um risco?

Assim como outras situações, mascar chiclete apresenta dois lados da moeda em relação a saúde bucal, ou seja, há benefícios mas também os possíveis riscos. “Mascar chiclete pode levar a um desequilíbrio muscular da mandíbula e até mesmo causar uma disfunção da articulação da sua mandíbula, o que pode ser uma condição crônica dolorosa, incluindo dores musculares, dores de cabeça, dores de ouvido e dor de dente”, alerta Beatriz. Não precisa abrir mão do chiclete, a dica é consumir com moderação Além disso, outra orientação é mastigá-lo por períodos curtos.

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Beatriz Bussab - Cirurgiã-dentista
Osasco - SP
CRO-SP 125369