Por volta dos seis meses, os primeiros dentinhos do bebê começam a aparecer. Os dentes de leite têm data para chegar e ir embora, já que após isso eles dão lugar aos dentes permanentes que acompanham o indivíduo por toda a vida. Entretanto, ainda assim eles são extremamente importantes, por isso os cuidados não devem ser deixados de lado. Além disso, é fundamental começar desde cedo o desenvolvimento de bons hábitos de higiene. Para o sorriso do seu pequeno ficar longe de problemas, listamos abaixo os principais cuidados com saúde bucal a serem tomados.

As visitas ao odontopediatra começam cedo

O acompanhamento de um odontopediatra é importante desde o nascimento do bebê - embora, ainda grávida, a mamãe já possa se consultar para tirar dúvidas e ser orientada sobre alguns cuidados necessários nessa fase. Esse profissional irá orientar a higiene da gengiva durante os primeiros meses do bebê. Após o nascimento dos primeiros dentes, a aplicação de flúor é indicada juntamente com a limpeza deles. As consultas devem acontecer a cada seis meses, assim como para os adultos, salvo em situações que o profissional considere necessário voltar em menos tempo.

A higiene bucal do bebê pode ser iniciada com o uso de fralda umedecida

A limpeza da gengiva do bebê deve começar a ser feita com o uso de uma gaze ou fralda umedecida com água filtrada. Com o surgimento dos dentinhos, inicia-se a escovação com uma pequena quantidade de creme dental com flúor, três vezes ao dia. É fundamental escovar os dentes após todas as refeições. O uso do fio dental também já pode ser introduzido, de preferência na última higiene bucal. 

Amamentação

Muitos bebês se acostumam a dormir enquanto são amamentados. Esse hábito traz um risco para a saúde bucal, pois pode resultar na formação de cáries. Quando o baby passa a usar a mamadeira, é preciso ter cuidado para que não fique com ela o tempo todo e a limpeza da boca sempre deve ocorrer posteriormente. A partir dos 9 meses, já é aconselhado ensinar a usar o copinho para desapegar da mamadeira.

Atenção com a saliva

A salivação em grande quantidade é uma das características dos bebês. Quando se trata desses pequenos todo cuidado é pouco, por isso, é essencial manter seus rostinhos sempre secos para evitar a dermatite, que pode ser causada pelo excesso de contato da saliva com o rosto. Esse problema causa uma lesão avermelhada e áspera, que é muito comum em bebês. O uso de babadores e toalhinhas para proteger o pescoço ajudam a prevenir essa irritação.