A forma de usar o celular hoje em dia, com certeza, já virou um estilo de vida! Existem pessoas que trabalham apenas pela telinha e dificilmente saem do mundo virtual. Afinal, qual é o mal de uma selfie? Mas para tudo existem limites. Na hora de cuidar dos dentes, a principal estrela do nosso sorriso, toda a atenção deve ser dirigida a eles! Escovar os dentes é quase um momento especial que não se deve dividir com mais nenhuma atividade. Falamos com a especialista em ortodontia Luciane Franco para saber mais das possíveis complicações de escovar os dentes ao mesmo tempo em que mexemos no celular.

Na hora da escovação, a atenção é total!

A falta de atenção no momento da escovação pode ser o motivo de feridas e da falta de uma higiene completa. Distraídas, as pessoas podem acabar passando a escova muito forte ou muito leve nos dentes e gengiva, e também acertar lugares inapropriados, causando machucados. Uma outra situação é escovar da forma incorreta e não fazer uma limpeza efetiva, o que pode abrir espaços para complicações bucais.

Como a higiene bucal pode ser prejudicada?

A limpeza é prejudicada já que a escova pode não alcançar todos os lugares da boca que precisam ser limpos. “A distração do celular pode fazer com que erremos no direcionamento da escovação, podendo ficar locais sem a escovação adequada”, comenta Luciane. Segundo ela, isso acontece não só quando se usa o celular. Qualquer distração pode ser prejudicial, já que a falta de higiene é um dos motivos de muitos problemas bucais.

Entre eles, a cárie, o tártaro e a gengivite são os principais. Eles são causados pelo acúmulo da placa bacteriana, uma fina camada de bactérias que deve ser eliminada por meio da escovação adequada e pelo fio dental. A placa é formada quase que diariamente e, se não adequadamente removida, pode propiciar o início de qualquer uma dessa complicações.

Como é a limpeza bucal adequada?

Muitos têm dúvidas a respeito da forma certa de escovar os dentes. A escovação deve ser feita, no mínimo, 3 vezes ao dia e em média durante 2 minutos. “Olhando no espelho, escove com movimentos de 45 graus da região cervical para o dente, em torno de 10 segundos por cm”, orienta a ortodontista. Mas não acaba aí. Uma boa higiene bucal também envolve o uso de fio dental e de enxaguantes bucais. Além disso, todos os pacientes devem se consultar com um profissional de 6 em 6 meses para que ele possa fazer um acompanhamento de seu caso.

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Luciane Franco Kraul - Especialista em ortodontia
Jardim América – SP
CRO-SP: 81340