Pular para o conteúdo principal
Logo Facebook Powered By Logo OralB
10.08.2016

Mordendo a medalha! Confira 5 hábitos que podem ser prejudiciais aos seus dentes

Rafaela Silva garantiu a primeira medalha de ouro do Brasil nas Olimpíadas Rio 2016, no judô. A esportista cumpriu a tradição ao morder a medalha no pódio. Porém, recomenda-se que a prática seja simbólica, sem exercer força nos dentes, já que isso pode prejudicar a saúde dos mesmos
 Quem nunca acabou de saborear uma refeição e foi logo procurar o palito de dentes? Fique sabendo que esta atitude causa retração óssea e gengival, além de movimentar os dentes
 Morder a ponta da caneta pode te ajudar a pensar, mas é um péssimo hábito para o sorriso. Com o tempo isso acaba fragilizando os dentes, sem falar que o objeto pode levar outras bactérias para sua boca
Além de não ser nada higiênico, roer as unhas pode causar problemas como infecções no sistema digestivo e na boca
 Você quer beber aquela cerveja gelada mas não tem um abridor para tirar a tampa? Nem pense em fazer isso com os dentes. Pode machucar os lábios e até causar perda dentária
 Nada de mastigar aquele gelo da bebida que acabou. A prática oferece riscos sérios aos dentes, podendo causar rachaduras e fraturas, principalmente em quem faz uso de implantes e coroas

As Olimpíadas 2016 chegaram e uma cena muito comum durante os jogos é a dos ganhadores mordendo suas medalhas de ouro. A primeira conquista do Brasil veio para a judoca Rafaela Silva e ela cumpriu a tradição. A pose clássica para as fotos vem de um costume antigo: checar se uma moeda era realmente feita de ouro. Se sim, os dentes devem deixar uma pequena marca na superfície do metal. O teste era feito para descobrir falsificações de chumbo, pois este é mais maleável que o ouro. Mas a prática não é nada saudável, pelo menos para os dentes. Nos Jogos de Inverno de 2010, um atleta alemão quebrou a ponta de um dente ao fazê-lo. Listamos outros 5 hábitos que podem prejudicar seus dentes.

1.Usar palito de dentes

Ao terminar a refeição você logo procura na mesa a caixinha onde fica o guardanapo, sal e, claro, o palito de dentes. A verdade é que o objeto ganhou uma finalidade errada. O palito deveria ser usado apenas para pegar petiscos à mesa, né? Entretanto, alguém aproveitou a pontinha afiada do objeto para retirar aquele pedacinho de comida que grudou em algum dente. Esqueça essa ideia! O hábito pode causar retração óssea e gengival, além de movimentar os dentes. Sem contar as milhares de bactérias presentes ali que podem ser transferidas para seu universo bucal.

2.Mastigar a ponta da caneta

Sabe aquele momento em que você para pra pensar no que vai escrever e instintivamente leva a caneta à boca? Pode esquecer. Mesmo não parecendo, essa mania desgasta os dentes aos poucos, fragilizando-os. Até porque colocar qualquer objeto na boca não é higiênico, já que leva outras bactérias para a mucosa bucal.

3.Roer a unha

“Você rói as unhas?”. É uma das primeiras perguntas que você ouve no consultório dentário. Roer as unhas não é nada higiênico, podendo causar até feridas nos dedos. Além de ser um costume ruim para a saúde bucal, as bactérias nas unhas podem provocar infecções no sistema digestivo e na boca. Outro ponto importante a ser observado é se a frequência desse hábito aumenta quando você está nervoso ou ansioso. Logo, pode ser um sinal para procurar meios de aliviar o estresse de forma saudável, como praticar um esporte ou alongamentos pela manhã.

4.Abrir a garrafa de cerveja com os dentes

Os nossos dentes não são nenhum tipo de ferramenta para usá-los como abridor de garrafa, por exemplo. O hábito desgasta o esmalte dentário e pode ferir os lábios também. As chances de fissurar ou até mesmo quebrar o dente enquanto abre uma garrafa de cerveja na frente dos amigos são altas.

5.Morder gelo

Mastigar os cubos de gelo que sobram no copo de uma bebida pode parecer refrescante. Porém, é um hábito que precisa ser revisto. Fazer isso com frequência ou morder uma quantidade grande de gelo de uma só vez pode fraturar ou criar rachaduras nos dentes. O risco ainda aumenta para quem tem implantes ou coroas na arcada dentária. Portanto, fique atento e previna-se de todos os riscos.

Mais Matérias: Dentes
Fechamento do diastema: a frenectomia pode tratar o espaço entre os dentes? Saiba mais sobre o procedimento
Dentes
Fechamento do diastema: a frenectomia pode tratar o espaço entre os dentes? Saiba mais...
O diastema não é uma doença bucal , como a cárie, a gengivite ou a periodontite. Na...
com a participação de:
Uila Ramos da Silva
CRO-PE 10.380
Escaneamento intraoral: o que é? Para que serve? Conheça mais sobre essa tecnologia na odontologia
Dentes
Escaneamento intraoral: o que é? Para que serve? Conheça mais sobre essa tecnologia na...
A tecnologia e a odontologia andam lado a lado. As novas técnicas podem ser usadas para tratar uma...
com a participação de:
Rhianna Barreto
CRO-RJ:37448
Cirurgia guiada odontológica: dentista esclarece 5 dúvidas sobre o procedimento tecnológico
Dentes
Cirurgia guiada odontológica: dentista esclarece 5 dúvidas sobre o procedimento...
Você já ouviu falar em cirurgia guiada? Na odontologia, qualquer tipo de procedimento cirúrgico...
com a participação de:
Daniele Machado
CRO-RJ 26.953
Diastema precisa ser corrigido? Entenda em quais casos é necessário o ajuste desse espaço entre os dentes
Dentes
Diastema precisa ser corrigido? Entenda em quais casos é necessário o ajuste desse...
O diastema é uma característica bem marcante e conhecida no sorriso de muita gente, inclusive de...
com a participação de:
Caroline Malavasi
CRO /RJ 38947
Perdi um dente: o que fazer? É possível reimplantar? Como isso pode acontecer e como prevenir o problema?
Dentes
Perdi um dente: o que fazer? É possível reimplantar? Como isso pode acontecer e como prevenir o...
Engana-se quem pensa que perder um dente é algo incomum. Na verdade, existe uma série de fatores que podem contribuir para a perda dentária, como má higiene bucal, doenças periodontais e traumas. Mas, independente do fator causador, uma coisa é certa: conversar com um dentista para avaliar a...
5 anos cuidando do seu sorriso! Reveja alguns dos conselhos mais valiosos sobre saúde bucal que você aprendeu com o Sorrisologia
Dentes
5 anos cuidando do seu sorriso! Reveja alguns dos conselhos mais valiosos sobre saúde bucal que...
Cuidar bem dos seus dentes vai muito além da higiene bucal . É claro que um sorriso saudável precisa de escovação, fio dental e o uso de um bom enxaguante, mas isso não é tudo! Também é importante se atualizar sobre essas técnicas e buscar novas tecnologias e tratamentos no meio...