Pular para o conteúdo principal
Logo Facebook Powered By Logo OralB
09.11.2018

Dentistas explicam como os mordedores ajudam na saúde bucal dos bebês

  Você sabia que existe um modelo de mordedor para bebês que é mais indicado? Aprenda mais sobre esses objetos e como eles podem ajudar na saúde bucal de seu filho
Você sabia que existe um modelo de mordedor para bebês que é mais indicado? Aprenda mais sobre esses objetos e como eles podem ajudar na saúde bucal de seu filho

Todos os papais e mamães sabem como o corpinho do bebê se desenvolve rapidamente. Às vezes, tão rápido que dá vontade de voltar no tempo. Mas o que poucos notam é o desenvolvimento dentário. Os bebês começam a ter as primeiras erupções dos dentinhos com 6 ou 7 meses. “Esse período pode ser associado a presença de manifestações orgânicas, tais como aumento da salivação, irritabilidade, diminuição do apetite, elevação da temperatura média, erupções cutâneas e inflamação gengival”, explicam as odontopediatras Mariana Benicio e Fernanda Cruz. Por isso, foi criado no mercado uma solução para isso: os mordedores para bebês.

A importância dos mordedores durante o nascimento dos dentes de leite

De diferentes formatos e modelos, os mordedores nasceram na indústria para aliviar o desconforto que os pequeninos sentem durante a erupção dos dentinhos de leite. As especialistas contam que o incômodo na gengiva é resultado de um aumento da vascularização no local. “É o distúrbio mais comum encontrado durante a erupção dos dentes de leite, cuja duração varia de 2 a 3 dias, podendo chegar a 10 dias. Tal processo poderá ser bastante incômodo para a criança que apresente a gengiva inchada e sensível ao toque”, comentam. Com o desconforto, eles acabam mordendo dedos, objetos e até mesmo os lábios, além de apresentarem muita irritabilidade, choro e salivação em excesso. Os mordedores, assim, dão aos pequenos um lugar para atenuar a dor e, ao mesmo tempo, praticar a mordida.

O modelo de mordedor mais indicado pelas especialistas

Os modelos variam de tamanho, cor e figura. Existem opções de bichinhos, personagens infantis e também os clássicos cubinhos. Mas Mariana e Fernanda recomendam os mordedores gelados que têm água. “Deve se preferir os modelos com água em seu interior a fim de evitar a ingestão de gel em caso de perfuração do mordedor”, recomendam. Para os mordedores ficarem gelados, elas indicam refrigerá-los na geladeira por 5 minutos, antes de ser oferecido à criança, mas existem algumas precauções. “É importante não colocar no freezer ou congelador, pois o uso desses objetos congelados pode causar queimaduras na face e boca da criança”, alertam elas.

Limpeza dos mordedores

Assim como os dentes precisam ser limpos, os mordedores também! Como é um objeto que constantemente entram em contato com o organismo dos pequenos, a limpeza deve ser feita diariamente e após cada uso. “Recomenda-se o uso de sabão ou detergente neutro com uma escova macia, utilizada exclusivamente para essa finalidade, enxague em água corrente. Em seguida, promova a secagem com um pano limpo e seco e acondicionado em recipiente higienizado”, comentam Mariana e Fernanda. Elas ainda alertam os responsáveis a sempre buscarem ajuda profissional. O especialista acompanha todo o crescimento e desenvolvimento das diferentes partes da boca e de sua saúde. Se necessário, ele pode ainda intervir e começar um tratamento diferente.

Este artigo tem a contribuição dos especialistas:
Mariana Rangel Benicio - Especialista em Odontopediatria e Mestre e Especialista em Ortodontia
Rio de Janeiro - RJCRO-RJ: 27408

Fernanda Cruz Gonçalves - Especialista em Ortodontia e Odontopediatria
Rio de Janeiro - RJCRO-RJ: 25010

Mais Matérias: Dente de Leite
Dentes de leite: 5 dicas de como aliviar os sintomas do nascimento da primeira dentição
Dente de Leite
Dentes de leite: 5 dicas de como aliviar os sintomas do nascimento da primeira dentição
 O nascimento dos primeiros dentes de leite da criança é um momento marcante na vida de toda...
com a participação de:
Francielli Brito
CRO-MT: 6490
Cárie de mamadeira: o que é, como pode afetar a saúde bucal do bebê, tratamento e as principais dúvidas sobre a doença
Dente de Leite
Cárie de mamadeira: o que é, como pode afetar a saúde bucal do bebê, tratamento e as...
A cárie é uma doença bucal que atinge todas as idades . Mas, por sua principal causa ser o...
com a participação de:
Simone Rocha de Moraes Bastos
CRO-RJ: 40813
Dente de leite não cai: saiba o que pode causar o quadro e como ajudar o seu filho nesse momento
Dente de Leite
Dente de leite não cai: saiba o que pode causar o quadro e como ajudar o seu filho nesse momento
Não é novidade para ninguém que a troca de dentes é um dos processos mais importantes para saúde bucal das crianças. Por isso, ao perceber que o dente de leite não cai é preciso ligar o sinal de alerta. Embora não seja um problema tão grave, essa pequena disfunção pode...
Leite materno pode causar cárie nos dentes de leite? Profissional esclarece o assunto
Dente de Leite
Leite materno pode causar cárie nos dentes de leite? Profissional esclarece o assunto
Os dentes de leite são grandes alvos da cárie dentária. Isso porque muitos os bebês e...
com a participação de:
Larissa Neves
CRO-SP: 136327
Nascimento do dente de leite causa febre? O que fazer para tratar o problema
Dente de Leite
Nascimento do dente de leite causa febre? O que fazer para tratar o problema
Não é novidade que o nascimento dos dentes de leite pode gerar uma série de incômodos para a criança. Entre eles, estão o excesso de saliva e gengivas vermelhas e inchadas. Por isso, é bastante comum que os pequenos agarrem ou mastiguem qualquer coisa durante esse período na tentativa de amenizar a...
Bruxismo nos dentes de leite: quais os malefícios que esse problema pode causar?
Dente de Leite
Bruxismo nos dentes de leite: quais os malefícios que esse problema pode causar?
O bruxismo é uma disfunção silenciosa que pode afetar o sorriso de muita gente . Além...
com a participação de:
Rhianna Barreto
CRO-RJ:37448