O tratamento ortodôntico é um dos procedimentos mais comuns na Odontologia. Muita gente já precisou ou precisa usar o aparelho dentário para solucionar algum problema na cavidade bucal, seja ele de oclusão ou posição dos dentes. Pensando nisso, a popularidade desse tratamento acaba trazendo consigo os mais variados comentários sobre o uso do dispositivo. No entanto, é importante separar aquilo que é mito do que é verdade. E ninguém melhor do que o profissional que mais entende do assunto para comentar a respeito disso. Conversamos com a dentista Alessandra Moran Garcia para entender mais sobre o aparelho ortodôntico.

Adultos não podem usar aparelho ortodôntico?

Mito. O uso do aparelho ortodôntico é comumente ligado aos adolescentes. No entanto, pacientes de outras faixas etárias também podem realizar o tratamento. “Os adultos podem usar aparelho ortodôntico, sendo a dentição permanente ideal para a movimentação, pois ela suporta as forças e o ligamento estimula a absorção e a reposição óssea”, explica a profissional. Além disso, vale ressaltar que quando utilizado durante a infância, o aparelho consegue tratar de problemas de crescimento ósseo. Enquanto isso, na fase adulta serve para movimentações dentárias ou ganhar osso para uso de implantes.

O aparelho ortodôntico só pode ser usado na dentição permanente?

Mito. O tratamento ortodôntico pode ser separado em dois tipos, o preventivo e o corretivo. O caso do preventivo é indicado para a dentição decídua ou mista. “E o corretivo na dentição permanente, uma vez que o movimento ortodôntico depende do ligamento periodontal com absorção e reposição óssea”, completa Alessandra. Isto porque o dente decíduo não consegue suportar a força feita pelo fio nos dentes, e isto pode resultar em um quadro de reabsorção. Por isso, é importante que o tratamento ortodôntico seja bem indicado e feito na fase correta para ter sucesso.

Usar o aparelho ortodôntico na infância traz resultados melhores?

Verdade. “Na infância é possível fazer um tratamento corrigindo tanto o posicionamento dos dentes quanto o crescimento e desenvolvimento ósseo, evitando má oclusão na fase adulta”, esclarece a dentista. Por isso, diversos pacientes acabam já sendo indicados a iniciar o tratamento durante essa fase. E ainda, a resposta à movimentação dos dentes é mais rápida durante a infância.

Pacientes com aparelho ortodôntico precisam mudar a alimentação?

Verdade. Com o aparelho na boca, a rotina acaba sofrendo algumas alterações devido esse uso, principalmente na hora de comer. “Esses pacientes precisam mudar a alimentação e é aconselhado evitar o consumo de alimentos duros, para evitar o deslocamento dos braquetes, o que acaba por atrasar os resultados”, ressalta a profissional.

O tratamento ortodôntico demora a apresentar resultados?

Depende. O tratamento ortodôntico tem resultados conforme o estímulo aplicado com o aparelho. "O tempo vai depender da discrepância que o paciente apresenta, sendo assim, cada caso terá uma evolução específica”, destaca Alessandra. O paciente pode perceber o alinhamento dos dentes acontecer rapidamente. No entanto, não quer dizer que o tratamento tenha chegado ao fim. Converse com seu dentista para que seu caso seja avaliado e um plano seja traçado de acordo com suas necessidades.

Quer saber mais como funciona o tratamento ortodôntico? Confira assistindo ao vídeo do Manual do Mundo:

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Alessandra Moran Garcia - Odontologista e especialista em Saúde Coletiva e Periodontia
Pirapora - MG
CRO-MG 18986