Pular para o conteúdo principal
Logo Facebook Powered By Logo OralB
27.09.2017

Mito ou verdade: enxaguante bucal pode substituir a escovação?

  Você usa o enxaguante bucal no lugar de fazer a escovação? Entenda os problemas dessa substituição para a sua saúde bucal
Você usa o enxaguante bucal no lugar de fazer a escovação? Entenda os problemas dessa substituição para a sua saúde bucal

Expert

Johnathan Marcondes

Johnathan Marcondes

CRO-PA: 4456

Cirurgião-Dentista formado pela Unioeste ( Universidade Estadual do Oeste do Paraná) em 2005- pós graduado em lentes de contato dental e facetas de porcelana. Aplicação de toxina botulina (Botox), preenchimento facial com ácido hialurônico, cirurgia de Bichectomia. Prótese - Odontologia Estética - Odontologia Digital. Membro da SBOE - Sociedade Brasileira de Odontologia Estética. Membro da IFED- International Federation Esthetic Dentistry Proprietário da Clínica Top Dente.

A falta de tempo é uma característica dos dias atuais. Durante a correria do dia a dia, diversos hábitos e necessidades acabam sendo deixados de lado. Influenciado pela pressa, você já usou um enxaguante bucal para substituir a escovação? Essa pequena troca é muito comum de ser percebida. No entanto, ela pode trazer grandes problemas para a sua saúde bucal. O dentista Johnathan Marcondes explica a importância de fazer uma higienização correta.

A importância da escovação para a saúde bucal

Para ter dentes saudáveis durante toda a vida, os cuidados com a saúde bucal são muito importantes diariamente. O momento da escovação é essencial para manter um sorriso livre de problemas, através de movimentos circulares, tempo médio de dois minutos e sem usar muita força. “Para tanto, é preciso fazer uso consciente dos produtos disponíveis no mercado, como os enxaguantes bucais”, completa o dentista. Além disso, o paciente deve manter visitas regulares ao consultório, para ter um acompanhamento correto.

Todos os pacientes podem usar enxaguante bucal?

O profissional destaca que os casos mais indicados para o uso de enxaguante bucal são os paciente em pós-operatório, com sensibilidade nos dentes e que possuem propensão à cárie. Além disso, o produto é um auxílio para quem possui doenças periodontais, como por exemplo a gengivite. No momento da compra do enxaguante é importante optar por um que não possua álcool em sua composição.

O enxaguante bucal pode substituir a escovação?

Uma das principais funções do enxaguante bucal é eliminar todos os resíduos da boca liberados durante a escovação. “Um dos mitos que deve ser combatido é o de que enxaguantes bucais substituem a escovação dos dentes”, ressalta Johnathan. Assim como é unânime entre os especialistas, cada item da higienização é insubstituível. Deve haver o uso do fio dental, escova de dentes e creme dental fluoretado, principalmente para que a placa bacteriana seja removida e impeça o surgimento de cáries. É importante lembrar que o enxaguante deve ser usado com moderação e indicado pelo dentista.

O que pode ser causado devido a falta de higienização correta?

Assim como comentado anteriormente, além de trazer a sensação prazerosa de refrescância, o enxaguante bucal contribui para a limpeza, eliminando bactérias e prevenindo de algumas doenças. Junto a isso, deve haver o uso do fio dental e a escovação, que são essenciais para manter os dentes saudáveis. “O cuidado deve ser estendido à sua língua, já que ela também retém bactérias nocivas”, completa o dentista. Por isso, cada etapa da higienização é de suma importância para a sua saúde bucal. Não pule ou substitua nenhuma etapa pelo bem do seu sorriso todos os dias!

Mais Matérias: Mitos e verdades
Clareamento dental caseiro funciona? Especialista revela técnicas que devem ser evitadas e qual é a mais segura para alcançar um sorriso branco
Mitos e verdades
Clareamento dental caseiro funciona? Especialista revela técnicas que devem ser...
Ter um sorriso branco é o objetivo de muitas pessoas. A forma mais eficaz e segura de alcançar esse...
com a participação de:
Igor Puga
CRO-RJ 28418
Gengivite: conheça os estágios da doença e como tratar
Mitos e verdades
Gengivite: conheça os estágios da doença e como tratar
Ir ao dentista e descobrir que está com gengivite não é nada agradável . A...
com a participação de:
Max de Aguiar Ferreira
CRO-RJ :27553
Mito ou verdade: a higiene bucal deve ser modificada ao longo da vida?
Mitos e verdades
Mito ou verdade: a higiene bucal deve ser modificada ao longo da vida?
Quando bebês, os pais são os responsáveis por realizarem a nossa higiene bucal . Já na...
com a participação de:
Luciane Franco Kraul
CRO-SP: 81340
Tártaro eliminado com bicarbonato em apenas 5 minutos: mito ou verdade?
Mitos e verdades
Tártaro eliminado com bicarbonato em apenas 5 minutos: mito ou verdade?
Quando surge um problema a gente logo busca por solução e, na correria do dia a dia, quanto mais...
com a participação de:
Djalma Faria
CRO-SP: 59104
Mitos e verdades sobre a relação saúde bucal e alimentação
Mitos e verdades
Mitos e verdades sobre a relação saúde bucal e alimentação
Na lista dos ditados mais populares e que fazem todo o sentido podemos destacar o: “Você é aquilo que você come”. Não, isso não é apenas um comentário que você ouve dos mais velhos. A alimentação influencia diretamente na vida do paciente, especialmente nas...
Quanto mais macia melhor? Mitos e verdades sobre a escova de dente
Mitos e verdades
Quanto mais macia melhor? Mitos e verdades sobre a escova de dente
Desde pequenos, os pais ensinam que a escovação é um momento essencial da rotina , especialmente para ficar longe da visita do bichinho da cárie. A gente cresce e o hábito continua presente. No entanto, para realizar a limpeza de maneira correta, além de saber a técnica, devemos contar com a ajuda dos...