Quem está em tratamento ortodôntico sabe que é preciso rever um monte de hábitos e talvez até manias comuns no dia a dia, tudo pelo sucesso do tratamento. Roer unhas ou comer doces e alimentos crocantes são alguns exemplos que podem prolongar o uso do aparelho dentário. O Sorrisologia conversou com a dentista Gabriela Dantas para te dar uma super ajuda e identificar a melhor solução para ter uma boca saudável.

Pare de roer unha

Para muitos, roer unha é algo bobo, mas saiba que pode ser bem sério. Considerado um problema crônico, a onicofagia é o hábito de roer e arrancar unhas e cutículas com os dentes. “A onicofagia pode provocar dor muscular além de aumentar a sensação dolorosa dentária que o próprio aparelho já causa, devido a força exercida sobre os dentes. Pode também causar queda dos braquetes colados aos dentes” comenta a profissional. Insistir neste péssimo hábito pode deixar suas mãos esteticamente feias, causar graves problemas estomacais e até mesmo danificar suas unhas para sempre. 

Alimentos "grudentos" ou duros podem causar uma bagunça 

Sabemos que é difícil resistir aquele docinho. Mas, infelizmente, usando aparelho você terá que aprender a evitá-los bastante. Eles grudam nos dentes e no acessório de uma forma complicada para realizar a limpeza depois. Gabriela também chama a atenção para os alimentos mais duros como pipoca ou que soltem farelos, como amendoim e até alguns tipos de carnes. “Esses alimentos podem prejudicar a aderência do braquete ao dente, fazendo com que ele solte. Alimentos que contenham corantes em casos de aparelhos estéticos (transparente) também são contra indicados, pois podem manchar os braquetes, tornando eles amarelados”, explica. O indicado é alimento macio, líquido ou pastoso.

Pratique uma higiene bucal adequada

Para que o tratamento cumpra seu prazo esperado, não depende só do ortodontista. O paciente também precisa fazer sua parte em casa, diariamente, praticando uma boa higiene bucal. “Deve ser uma escovação leve, com movimentos de cima para baixo. A escova com cerdas macias é a mais apropriada”.

Escova interdental agiliza e facilita a higiene

Gabriela afirma que a escova interdental é ótima para pacientes que estão em tratamento ortodôntico. “Ela tem um excelente papel alcançando onde o fio dental não alcançaria, devido ao fio do aparelho estar impedindo esse contato. O uso do passa fio terá a mesma função do fio dental e irá prevenir o acúmulo da placa bacteriana e alimentos entre os dentes”. Essa escova é eficaz na remoção da placa bacteriana por possuir filamentos metálicos totalmente recobertos com plásticos para proteger, também, seus dentes e gengivas. Bom demais, né? Desta forma fica mais fácil ter um sorriso mais saudável.

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Gabriela Dantas - Cirurgiã-Dentista
Niterói - RJ
CRO-RJ: 39948